Edit Template

CDU afirma que habitação foi deixada ao abandono pelos governos

A CDU afirmou ontem que “apesar das competências previstas na Autonomia Regional, o sector da habitação tem sido deixado ao abandono pelos governos regionais”.
“O resultado é um mercado fortemente liberalizado, no qual o direito à habitação fica para segundo plano, enquanto o lucro dos bancos e das grandes fortunas se impõe de forma quase absoluta”, acrescenta a coligação liderada por Marco Varela.
A coligação denuncia que “a situação afecta quase todos, mas é particularmente sentida pelas famílias em que apenas um dos elementos trabalha, com filhos a estudar fora, afectadas pelo desemprego ou com o salário mínimo, e ainda pelas famílias monoparentais: muitas dessas pessoas já perderam a casa ou estão em riscos de a perder”.
E adianta: “É praticamente impossível para os jovens terem casa própria, perante os efeitos da especulação imobiliária e o aumento das prestações aos bancos. Efectivamente, é impossível ignorar os lucros dos bancos: são 360 milhões de euros todos os meses, o equivalente a mais de 3 meses de salário de todos os trabalhadores açorianos!”.
Estes números, segundo a CDU, “demonstram bem que a CDU tem razão: quando os bancos têm prejuízos, somos obrigados a salvá-los, através dos nossos impostos, quando os bancos têm lucros, que saem dos bolsos de quem trabalha, não estão dispostos renunciar nem a um cêntimo”.
Para a CDU, “quem lucra com o aumento dos juros é que os deve pagar! E agora, perto das eleições, parece que ninguém tem responsabilidades na actual situação. A realidade, porém, é outra. Seja o actual Governo egional e os partidos da extrema-direita que o apoiaram, seja o anterior governo regional, todos procuram esconder a sua verdadeira posição sobre este assunto: ainda há pouco tempo, votaram contra as propostas da CDU de pôr os bancos a pagar o aumento das prestações”. E conclui: “A CDU tem soluções para cumprir o direito à habitação: é urgente aumentar a oferta de habitação pública, controlar as rendas e pôr os bancos a pagar o aumento dos juros”.

Edit Template
Notícias Recentes
União Desportiva do Nordeste comemora os 50 anos do clube
2ª edição da formação “Cidadania Digital: Riscos e Oportunidades da Internet”
Bolieiro manifesta oposição à criação de uma taxa turística regional
Actividade ambulatória de Pediatria regressa amanhã ao HDES
Há 5 municípiosnos Açores com mais procura de casas para viver no campo
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores