Edit Template

Novena dos Espinhos a partir de hoje no Santuário do Senhor Santo Cristo

O Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres, em Ponta Delgada, promove a ‘Novena dos Espinhos’, a primeira grande celebração do seu ano pastoral, de hoje até 1 de Março, “um contributo” no tempo da Quaresma.
“Ao longo do ano somos ‘batidos’ por muitas situações que nos prendem a atenção e exigem uma resposta à flor da pele e menos refletida que vai fazendo estragos na nossa espiritualidade e a Quaresma é um tempo de irmos ‘à oficina’, repararmos o que temos de reparar para que possamos celebrar a Páscoa com toda a alegria, porque é a Páscoa o centro da nossa vida”, disse reitor do Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres, à página na internet Igreja Açores.
“A Quaresma é um tempo de introspecção em que todos os cristãos são convidados a aprofundar a sua relação com Deus, com a humanidade e com os outros; é um refazer da espiritualidade”, acrescentou o cónego Manuel Carlos Alves, do santuário em Ponta Delgada, na informação enviada à Agência ECCLESIA, pela Diocese de Angra
Segundo o programa da ‘Novena dos Espinhos’, o Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres vai ter Missa diária, às 18h00 locais (mais um hora em Portugal continental), de 21 de fevereiro a 1 de março.
Dois sacerdotes convidados vão pregar em seis dias da ‘Novena dos Espinhos’ – o padre Hélio Soares, de 21 a 23 de fevereiro, e o padre José Paulo Machado de 27 a 29 de fevereiro -, o reitor é o pregador no fim de semana e na próxima segunda, de 24 a 26, e no dia da Festa dos Espinhos, a 1 de Março.
A meditação, esta Quarta-feira, 21 de Fevereiro, é inspirada pela Carta de São Paulo aos Romanos, ‘Quem nos pode separar do amor de Deus’; no dia seguinte (22) é o Evangelho de Mateus – “Este é o meu filho muito amado” -, e no dia 23, o evangelista escolhido foi São Marcos com ‘Levantaram-se alguns e proferiram falsos testemunhos contra Jesus’.
De 24 a 26 de Fevereiro, a reflexão do cónego Manuel Carlos Alves, reitor do santuário, vai ser inspirada nos Actos dos Apóstolos, na Carta aos Colossenses e na encíclica ‘Laudato Si’ do Papa Francisco.
O terceiro pregador da Novena dos Espinhos, o padre José Paulo Machado vai falar sobre “Justiça”, no dia 27, depois inspira-se na Carta aos Gálatas (28) e na Carta de São Paulo aos Tessalonicenses, a 29 de Fevereiro.
No dia da Festa dos Espinhos, 1 de Março, a pregação inspira-se na Carta aos Filipenses: “Ao nome de Jesus se dobre todo o joelho”.
“Todos são convidados a participar nesta Novena e nesta Festa, em que procuramos aprofundar a nossa relação com Deus e com os irmãos, com particular destaque para os mais pobres”, conclui o cónego Manuel Carlos Alves.
A Novena dos Espinhos é uma das três festas do Festa dos Espinhos, com a festa do Senhor Santo Cristo dos Milagres, no sexto Domingo da Páscoa, e a festa do Cristo Rei, no último domingo antes do Advento. Estas celebrações podem ser acompanhadas à distância, na página do santuário na internet.
Os santuários da Diocese de Angra – cinco santuários diocesanos, três cristológicos e dois marianos – escolheram a oração como tema e prioridade para este ano pastoral.

Edit Template
Notícias Recentes
Taxa turística em São Miguel adiada para 1 de Janeiro 2025
ANAC investiga nos Açores se há práticas anticoncorrencias na aviação
“Rotterdam” Hoje em Ponta Delgada com 2.500 Passageiros
Governo dá continuidade à estrutura de missão no âmbito da saúde mental
Normalizadas as ligações aéreas com o Corvo
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores