Edit Template

Turistas gostam da paisagem e da segurança e não gostam dos serviços de restauração e dos transportes de táxis e de autocarros

De acordo com o último inquérito de Satisfação do Turista nos Açores, conduzido pelo Observatório do Turismo dos Açores (OTA) e agora divulgado no site do Observatório em www.otacores.com, destacam-se as seguinte conclusões estatísticas e avaliações que descrevem os turistas que visitaram os Açores na época alta de 2023, abrangendo desde a caraterização dos indivíduos até a avaliação da viagem e satisfação:
O turista que visitou os Açores no Verão IATA de 2023 quis maioritariamente visitar o arquipélago por recomendação de amigos e familiares, mas também pelo conhecimento do destino através da internet, sendo que 64,57% da amostra expressou grande satisfação com o destino em geral, correspondendo este às suas expectativas.
O turista optou maioritariamente por Alojamento Local, em termos de tipologia de alojamento e mostrou-se satisfeito com a relação preço/qualidade do mesmo.
Os níveis de satisfação com os recursos naturais, a paisagem, a tranquilidade e a segurança são elevados e são destacados pelos inquiridos.
Os visitantes referem que há necessidade de melhorias nos serviços de restauração, na agenda de eventos culturais, gastronómicos e/ou desportivos, bem como nos serviços de transportes públicos terrestres (táxis e autocarros), sendo estes os pontos comuns nas críticas observadas maioritariamente.
Para 65,3% da amostra de inquiridos, foi considerado que o preço do destino Açores, em termos de caraterização e avaliação da viagem, é justo.
Do total da amostragem, 87,1% recomendaria o destino Açores a amigos e familiares e 69,8% afirma que é a primeira vez que visitaram o arquipélago.
Dos inquiridos, 69,5% apresenta intenção de regressar aos Açores e a maioria dos turistas, 78,9%, não optou por pacote turístico. A maioria dos inquiridos viajou através das companhias Azores Airlines e Tap Portugal, estando satisfeitos com a relação qualidade/preço da viagem.
Um parte expressiva dos visitantes, 75,4% não tem conhecimento que os Açores são o primeiro e único arquipélago no mundo com certificação internacional de destino sustentável.

Caracterização
do visitante

A maioria dos inquiridos tinha idade entre os 25 e 54 anos e 82,4% reside no estrangeiro, onde se destacam as nacionalidades alemã, espanhola e americana.
Em termos de situação profissional, é geralmente profissional liberal e 46,1% viajaram para o destino Açores com o seu esposo(a)/companheiro(a).
Dos inquiridos, 18,8% têm um rendimento líquido mensal do agregado familiar superior a 8000 euros, sendo esta a faixa de rendimentos com maior número de respondentes.
O Observatório do Turismo dos Açores refere ainde que “é crucial destacar que embora este resumo forneça insights valiosos, é importante reconhecer que a sua representatividade pode ser limitada. A amostra de 1.728 inquéritos válidos, embora significativa, pode não abranger completamente a diversidade do público-alvo. Como tal, as conclusões devem ser interpretadas com cautela, pois podem não captar todas as nuances do grupo estudado”.

Edit Template
Notícias Recentes
Venda de casas arrefece e oferta imobiliária aumenta 16% em Ponta Delgada
Oposição vai requerer inconstitucionalidade da polémica prioridade nas creches
Os cinco pisos da ala nascente do HDES já estão reabertos e acolhem 76 doentes
Missa aos sábados na Ermida de Nª Sª da Paz
Tolerância de ponto para a função pública em festas do Pico, Santa Maria e Corvo
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores