Edit Template

Solidariedade e empreendedorismo: as marcas do percurso de Casimiro Gaspar na Flórida

“O carinho e generosidade de Casimiro Gaspar para com a Casa do Gaiato de Maputo, tem possibilitado o envio regular de donativos de milhares de dólares.”

A comunidade lusa nos Estados Unidos da América (EUA), cuja presença no território se adensou entre o primeiro quartel do séc. XIX e o último quartel do séc. XX, período em que se estima que tenham emigrado cerca de meio milhão de portugueses essencialmente oriundos dos arquipélagos da Madeira e dos Açores, destaca-se hoje pela sua perfeita integração, inegável empreendedorismo e relevante papel económico e sociopolítico na principal potência mundial.
No seio da numerosa comunidade lusa nos EUA, segundo dados dos últimos censos americanos residem no território mais de um milhão de portugueses e luso-americanos, destacam-se vários percursos de vida de compatriotas que alcançaram o sonho americano (“the American dream”).
Entre as várias trajetórias de portugueses que começaram do nada na América e ascenderam na escala social graças à capacidade de trabalho e de mérito, destaca-se o percurso inspirador e de sucesso de Casimiro Gaspar, conhecido empresário benemérito da comunidade portuguesa na Flórida.
Natural de Moçambique, antiga colónia portuguesa em África, e com raízes covilhanenses pelo lado paterno e transmontanas por via materna, Casimiro Gaspar, emigrou para os Estados Unidos em 1978, no rescaldo da independência da nação localizada no sudeste do continente africano, e depois de uma curta estadia em Linda-a-Velha, na demanda de melhores condições de vida.
Após vários anos em Nova Jérsia, estado situado no nordeste dos EUA, e de uma inicial experiência profissional por conta própria no ramo da limpeza. O emigrante português com raízes africanas, estabeleceu-se na Flórida, estado localizado no extremo sudeste da América, onde fundou em 1994, a Trailco Group, uma firma de assistência e reparação a atrelados, contentores e chassis.
Uma empresa que no decurso das últimas décadas tem crescido de forma sustentada, assente nos valores da preocupação social, comprometimento familiar e relacionamento com a comunidade, contexto que a catapultou para uma firma de referência na sua área de atividade, espelhada na presença em cinco estados norte-americanos. Mormente, na Flórida, onde se encontra sediada na cidade de Ocala, mas também em Nova Jérsia, Geórgia, Califórnia e Texas.
O esforço hercúleo e a dedicação incansável de Casimiro Gaspar, conhecido por cultivar a simplicidade, os valores familiares e a constância da amizade, robusteceram um empresário de sucesso que nunca descurou a responsabilidade social. Radicado há mais de quarenta anos nos EUA, o sucesso que o empresário alcançou no mundo dos negócios, tem sido constantemente acompanhado de uma importante dimensão benemérita em prol da comunidade e das suas raízes.
O espírito altruísta de Casimiro Gaspar, encontra-se paradigmaticamente vertido nas várias jornadas solidárias de mota que tem realizado ao longo dos últimos anos por vários estados norte-americanos, procurando deste modo sensibilizar a angariar fundos para causas sociais. Designadamente, para a Casa do Gaiato de Maputo, uma notável estrutura social sediada em Moçambique, torrão natal do emigrante português, que tem como missão apoiar jovens em risco procurando proporcionar o seu desenvolvimento, a aquisição de aptidões pessoais e profissionais visando a sua plena autonomização enquanto futuros adultos.
O carinho e generosidade de Casimiro Gaspar para com a Casa do Gaiato de Maputo, tem possibilitado o envio regular de donativos de milhares de dólares, que se têm revelado importantes para prover à continuidade e sustentabilidade desta meritória instituição a favor das crianças e jovens moçambicanos. Ainda no ano transato, no âmbito da quadra natalícia, o empresário benemérito reuniu dezenas de amigos num almoço solidário no Portuguese American Cultural Center of Palm Coast (PACC), que na esteira de iniciativas realizadas em anos anteriores, permitiu o envio de cerca de 10 mil dólares para a Casa do Gaiato de Maputo.
O afeto e altruísmo do conhecido empresário benemérito da comunidade portuguesa na Flórida para com a Casa do Gaiato de Maputo, levou-o inclusivamente, em 2018, meio século depois de ter saído de Moçambique, a visitar a Obra da Rua instituída pelo Padre Américo Monteiro de Aguiar, que ficou conhecido por Padre Américo.
Uma jornada humanista e emotiva, de regresso, meio século depois, à terra de origem. Uma viagem de afirmação identitária, feita na companhia da filha Ashley Gaspar, e que permitiu a Casimiro Gaspar constatar “in loco”o relevante apoio que tem proporcionado ao acolhimento, educação e integração na sociedade de crianças e jovens moçambicanos.
Uma das figuras mais gradas da comunidade portuguesa na Flórida, o exemplo de vida inspirador de Casimiro Gaspar, recorda-nos a máxima do filósofo alemão Friedrich Schiller: “Não temos nas nossas mãos as soluções para todos os problemas do mundo, mas diante de todos os problemas do mundo temos as nossas mãos.

Daniel Bastos

Edit Template
Notícias Recentes
Desafios da gestão bancária em debate na Faculdadede Economia e Gestão da UAc com Gualter Furtado
Arrancam sessões de apoio aos jovens empreendedores em Ponta Delgada
A última entrevista da Presidente da SATA antes da demissão: “Se este concurso não avançar, o Governo tem até 2025 para concluir com outro concurso”
SITAVA pede ao Governoque “pare imediatamente”com privatização da SATA
Martins Goulart e Mota Amaral e a Lei Eleitoral
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores