Edit Template

Torneio infantil do União Micaelense “projecta internacionalmente” Ponta Delgada

O Presidente do município, Pedro Nascimento Cabral, afirmou que o International Football Tournament – Azores U11, organizado pelo Clube União Micaelense e que mobiliza anualmente mais de 20 equipas regionais, nacionais e internacionais, é um evento que prestigia e projecta internacionalmente a cidade de Ponta Delgada.
“Este torneio confere uma projecção internacional a Ponta Delgada e àquilo que ela tem de melhor para oferecer, seja na sua arte de bem receber, na gastronomia, numa cidade renovada e devolvida às pessoas, seja pela excelência que o desporto sempre nos dá”, afirmou o autarca.
Pedro Nascimento Cabral falava, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, durante a conferência de imprensa de apresentação da 16.ª edição do torneio de futebol infantil que vai decorrer entre esta Quarta-feira e o próximo Sábado, no Complexo Desportivo do Lagedo, em Ponta Delgada, tendo como patrono João Luís Albergaria.
A presente edição vai contar, pela primeira vez, com 32 equipas, 13 das quais da ilha de São Miguel, 2 da Madeira, 7 do continente português, 3 dos Estados Unidos da América, duas da Austrália e uma das Bermudas, do Canadá, de Cabo Verde, de Malta e de Itália. No total, o torneio vai reunir perto de 650 jovens atletas e a organização prevê a presença de três mil acompanhantes na cidade de Ponta Delgada.
Defendendo que, além de uma vertente desportiva, o International Football Tournament – Azores U11 contempla também uma dimensão sócio-cultural, o Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada fez questão de enaltecer a importância do gesto de, a cada edição, o Clube União Micaelense homenagear “os seus maiores”.
“A ligação que o União Micaelense faz ao trazer aqui equipas de vários pontos do mundo, mas honrando a memória daqueles que sempre dedicaram a sua vida ao clube e às suas actividades desportivas é, sem dúvida, uma marca que precisa de ser assinalada”, vincou Pedro Nascimento Cabral.
Reforçando “as bonitas palavras” proferidas por Maria Emanuel Albergaria, filha do patrono desta edição do torneio, Pedro Nascimento Cabral defendeu que João Luís Albergaria foi “uma referência do Clube União Micaelense” e folgou em ver que os seus valores humanistas perpassaram para filhos e netos.
Na conferência de imprensa, o Presidente da Direcção do Clube União Micaelense não escondeu “o orgulho” pelo facto de o torneio, este ano, contar com equipas da “Europa, América, África e Oceania”, num total de oito países representados.
“O número de acompanhantes aos 650 atletas participantes atingirá os 3500. É, de facto, importante para a economia do concelho de Ponta Delgada e da Região Autónoma dos Açores”, sublinhou Manuel Arruda.
Tendo também revisitado as qualidades humanas e desportivas de João Luís Albergaria – como disse, “um predestinado para a prática desportiva” e “uma das grandes figuras” do Clube União Micaelense -, o dirigente unionista deu nota da importância do apoio do Município de Ponta Delgada à concretização do International Football Tournament – Azores U11.
“Gostaria, para finalizar, de agradecer os apoios do Governo dos Açores e da Câmara Municipal de Ponta Delgada, sem os quais não seria possível pôr este torneio de pé. É evidente que um evento destes acarreta custos significativos, mas creio que a contrapartida que é deixada na Região ultrapassa largamente o investimento feito”, sustentou Manuel Arruda.

Edit Template
Notícias Recentes
União Desportiva do Nordeste comemora os 50 anos do clube
2ª edição da formação “Cidadania Digital: Riscos e Oportunidades da Internet”
Bolieiro manifesta oposição à criação de uma taxa turística regional
Actividade ambulatória de Pediatria regressa amanhã ao HDES
Há 5 municípiosnos Açores com mais procura de casas para viver no campo
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores