Edit Template

Produção de leite está em queda e abate para carne em alta

A produção de leite nos Açores continua em queda, com o mês de Janeiro a registar 47,9 milhões de litros na entrega das fábricas, menos do que os 48,3 registados no mesmo período do ano passado.
S. Miguel regista um ligeiro aumento, assim como a ilha de S. Jorge, mas o destaque vai para as grandes quedas de produção no Faial, de 989,8 mil litros para 67,3, e Pico, de 418 para 411 mil litros.

Prejuízos de milhões
de euros

A baixa de preço do leite tem resultado numa diminuição da produção, “que tenderá a agravar-se face à constante degradação do preço de leite que se vem registando na região”, alerta Jorge Rita.
A Federação Agrícola dos Açores, presidida por Jorge Rita, diz acreditar “convictamente na fileira do leite”, mas alerta que “as estratégias adoptadas pela indústria constituem uma constante ameaça ao seu futuro”. Recorde-se que, em 2022, o ano fechou com uma quebra histórica na produção de leite, menos 40 milhões de litros do que no ano anterior, enquanto que no ano passado os produtores estimam um prejuízo de 30 milhões de euros.

Leite para consumo
também em queda

O leite para consumo também tem vindo a decair na Região, sendo em Janeiro de 8,8 milhões de litros, quando no ano passado atingia os 9,1.
Ainda entre os produtos lácteos, destaque para as quedas, em Janeiro deste ano, de leite em pó, manteiga, iogurte e queijo.
A produção de natas foi o único produto que aumentou.
Já o abate de gado para produção de carne continua em alta, passando de 2,200 toneladas para 2,281.
A carne de bovino regista um crescimento, enquanto que a de suíno e de aves registam uma diminuição.

Edit Template
Notícias Recentes
Produtores e Industriais das pescas criticam Lotaçor por praticar preços superiores à congénere madeirense
Menos pescado e menos valor descarregados em Maio nos portos dos Açores
Insolvências subiram 117% em Ponta Delgada nos primeiros 5 meses deste ano
O melhor do nacional de surf é já depois de amanhã na Ribeira Grande
Bolieiro diz que incêndio deve ser encarado como oportunidade para tornar HDES numa “referência”no país
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores