Edit Template

Igreja da Matriz promove convívio paroquial e de comerciantes para celebrar o Dia de Reis

Hoje celebra-se o Dia de Reis e pelas 13h30, no adro da igreja da Matriz, haverá um convívio paroquial e de comerciantes da baixa de Ponta Delgada para promover um encontro entre famílias e celebrar o Dia de Reis. Serão distribuídas sopas solidárias e haverá muita animação.Em declarações à Rádio Atlântida, o padre Adriano Borges explicou que “houve uma conjugação de vontades. A iniciativa é da paróquia e também dos nossos comerciantes do centro histórico de Ponta Delgada, que se uniram para comemorar o Dia de Reis de uma forma diferente”. “Vamos oferecer sopas às pessoas que cá vierem. Estas sopas foram confeccionadas pelos comerciantes aqui da zona envolvente e também por alguns particulares. O objectivo é a confraternização, é encerrarmos um bocadinho este ciclo desta quadra de Natal com o Dia de Reis, convivermos uns com os outros, estarmos todos de portas abertas e trazer gente para ao centro da cidade, que como sabemos tem uma certa desertificação. Portanto, é para aqueles que nos visitarem, para aqueles que estiverem de fora e para aqueles que são de cá. Serão todos bem-vindos”, declarou o pe. Adriano Borges.Quanto à animação, “haverá dois ranchos folclóricos, música ao vivo, pula-pula para as crianças e esperamos que seja um dia agradável e de convívio entre as famílias, os mais velhos e os mais novos e também em ligação com os nossos comerciantes”, proferiu.O padre Adriano Borges ainda mencionou que “a celebração dos Reis é feita um pouco por todo o lado com cantorias, com festas, com encontros, com convívios e esta também é uma oportunidade. É a primeira vez que fazemos, esperemos que seja a primeira de muitas e que tenha sempre algum conteúdo. Desta vez, são as sopas solidárias e temos unido os esforços da Câmara Municipal, da Câmara do Comércio, da Junta de Freguesia, além dos comerciantes e da matriz. No fim, haverá uma colecta, em que as pessoas darão o que quiserem, para colaborarmos com a feitura de 1, 2 ou 3 cabazes (esperamos) para serem entregues a uma família carenciada, através da nossa Junta de Freguesia”, explicou.No fim, o padre Adriano Borges salientou que todos serão bem-vindos.

Edit Template
Notícias Recentes
Câmara de Ponta Delgada investe 250 mil euros na requalificação de ruas nas Capelas
Padre açoriano ordenado no Canadá celebra missa nova nas Feteiras
Trabalhadores de terra da SATA decretam greve em Agosto e Setembro
“Tarifa Açores” mantém-se em 2024 e já beneficiou cerca de 1 milhão de passageiros
Oferta de casas para arrendar desceu 12% em Ponta Delgada no último ano
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores