Edit Template

Eurodeputada alerta para POSEI-Transportes destinado aos Açores e Madeira

A Eurodeputada Sara Cerdas destaca a necessidade de abordar as disparidades económicas, sociais e territoriais que persistem na União Europeia, à Presidência Belga do Conselho da União Europeia, que ontem apresentou o programa de actividades no Parlamento Europeu.
Reconhecendo que nem todas as regiões enfrentam os mesmos desafios, Cerdas enfatiza a importância de políticas adaptadas, especialmente para aquelas que são ultraperiféricas, distantes da placa continental e caracterizadas por especificidades únicas nos seus territórios, como é o caso da Madeira e dos Açores.
Sara Cerdas propôs uma medida inicial para fortalecer a coesão territorial: a criação de um programa específico para os transportes, semelhante ao existente Programa de Opções Específicas para o Afastamento e a Insularidade (POSEI). Este novo programa teria como objectivo melhorar a mobilidade, contribuindo assim para a redução das disparidades regionais. “A criação de um programa semelhante ao POSEI específico para os transportes, com o objectivo de melhorar a mobilidade, seria uma primeira medida para assegurar a coesão territorial. Construir uma ponte de desenvolvimento inclusivo é fundamental para não deixar nenhuma região para trás”, afirma Sara Cerdas. A deputada salienta que a política de coesão desempenha um papel crucial como motor transformador para o desenvolvimento e convergência das regiões. Por este motivo, considera que a discussão aprofundada sobre o futuro desta política após 2027, bem como a revisão intercalar da Agenda Territorial 2030, discussões que a Presidência belga do Conselho da UE será responsável por iniciar, deverá explorar todo o potencial e oportunidades de desenvolvimento para todas as regiões, promovendo sua integração de forma inclusiva.
A Bélgica assumiu a Presidência rotativa do Conselho da União Europeia (UE) no dia 1 de Janeiro, após a Espanha, sob o lema “Proteger, fortalecer, antecipar”. Ontem, na sessão plenária de Estrasburgo, a Presidência belga apresentou as prioridades do programa para os próximos seis meses.

Edit Template
Notícias Recentes
Cardoso Jorge, Presidente da Casa do Povo: “Há falta de creches; só no Pico da Pedra temos 60 famílias em lista de espera”
10 artesãos homenageados no Dia da Freguesia dos Arrifes
Prisão preventiva para suspeito do crime de tráfico de estupefacientes na Ribeira Grande
Já arrancaram os voos da SATA de Toronto e Boston para Funchal
Exposição “Fringe” na ilha de São Jorge
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores