Edit Template

Vasco Cordeiro promete rever financiamento dos bombeiros

Vasco Cordeiro elegeu como prioridades para o próximo Governo Regional, na área da Protecção Civil e dos Bombeiros, rever o regime de financiamento das corporações, requalificar os quartéis que apresentam maiores carências e renovação da frota de Bombeiros.O candidato a Presidente do Governo Regional dos Açores falava à margem de uma visita ao quartel dos Bombeiros Voluntários de Vila Franca do Campo.Vasco Cordeiro sublinhou que a área dos Bombeiros e Protecção Civil é um “bom exemplo de área em que o Governo Regional do PS fará diferente do passado”, uma vez que as necessidades das Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários (AHBV) “crescem” e que “há aspectos que se colocam hoje, fruto de alterações legais, a que temos que dar resposta”.“As soluções dos governos do PS para a Protecção Civil e Bombeiros necessitam de ser reformuladas e reformadas”, vincou.Vasco Cordeiro entende que a questão do financiamento às AHBV deve ser “aprofundada e concretizada”, do ponto de vista da “relação entre vários níveis de poder”, designadamente, as autarquias e o Governo Regional.O Presidente do PS/Açores valorizou a necessidade de renovação da frota de viaturas ao serviço dos bombeiros, considerando que é altura de “intensificar este esforço” através de um “programa regional global de renovação da frota de bombeiros” que possa, com as devidas hierarquias, com os critérios claros e transparentes em toda a nossa Região, “definir calendários e definir recursos”.Vasco Cordeiro destacou, ainda, que a próxima legislatura é “claramente o tempo para concluir o processo de concretização do Estatuto do Bombeiro e de revisão do Estatuto Social do Bombeiro”, um processo que é merecedor de um “esforço acrescido de diálogo, de concertação com os vários intervenientes”.A nível das infraestruturas, Vasco Cordeiro recordou que foram os governos do Partido Socialista que lançaram as obras dos quartéis de bombeiros da Horta, na ilha do Faial, e da Povoação, em São Miguel, considerando que actualmente há “outras necessidades”.“Desde logo aqui em Vila Franca do Campo, mas também no Nordeste, na Calheta, em São Jorge, que são infraestruturas que na próxima legislatura necessitam de intervenções mais urgentes e que importa acudir”, finalizou o candidato a Presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro.

Edit Template
Notícias Recentes
Venda de casas arrefece e oferta imobiliária aumenta 16% em Ponta Delgada
Oposição vai requerer inconstitucionalidade da polémica prioridade nas creches
Os cinco pisos da ala nascente do HDES já estão reabertos e acolhem 76 doentes
Missa aos sábados na Ermida de Nª Sª da Paz
Tolerância de ponto para a função pública em festas do Pico, Santa Maria e Corvo
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores