Edit Template

Novo avião da SATA “Pure” começa hoje operação comercial

O Airbus A320neo CS-TSK da Azores Airlines deverá iniciar hoje os voos comerciais, segundo notícia do Kiosque de Aviação.
De acordo com o planeamento a aeronave deverá operar os voos:
S4121 – Lisboa – Ponta Delgada
S4124 – Ponta Delgada – Lisboa
S4127 – Lisboa – Ponta Delgada
S4128 – Ponta Delgada – Lisboa
De recordar que a Azores Airlines recebeu no dia 7 de Novembro de 2023 esta aeronave.
Recentemente foi anunciado que a Azores Airlines vai ter três novos aviões ao serviço até 2025 e a substituição da frota regional da SATA Air Azores encontra-se em fase de análise e de estudo.
“Na Azores Airlines, nós temos um A320neo que está em fase final de certificação. Vamos receber, no primeiro trimestre, um outro A320neo e, para o ano [2025], receberemos um A321XLR. E ficamos com a frota revista na parte da Azores Airlines”, disse Teresa Gonçalves, Presidente da SATA.
O segundo A320neo para a SATA Azores Airlines já surgiu completamente montado e pintado nas instalações da Airbus em Toulouse.
O futuro CS-TSM, batizado de “Natural”, a mesma livery do actual CS-TKQ, vai brevemente iniciar os testes de solo e voo antes de ser entregue à companhia.
A aeronave, com o número de série 11889, irá realizar os voos de teste com a matrícula F-WWTU.
De referir que todos os 3 modelos A320neo da companhia vão entrar faseadamente em processo de phase-out, para ser iniciado o processo de phase-in dos dois A320neo.
Os novos A320neo irão servir as rotas para o Pico e Faial e operar rotas de longo curso como é o caso de Montreal, Bermudas e possivelmente Boston, pontualmente.
No dia 20 de Setembro de 2023, durante um dos voos de teste o A321XLR, com a matrícula F-WWAB, voou entre Madrid e Ponta Delgada, tendo antes efectuado uma aproximação ao Aeroporto de Santa Maria, também nos Açores, revela ainda o Kiosque de Aviação.
A aeronave realizou uma escala durante cerca de três horas no Aeroporto João Paulo II em Ponta Delgada, para que um grupo de trabalho da SATA pudesse visitar a aeronave.
O A321XLR terá um alcance máximo previsto para cerca de 4.000 milhas náuticas (7.400 km).
Quando o processo de phase-out dos A320ceo estiver concluída, a companhia ficará com uma frota composta por 8 modelos da família A320neo: 2 A320neo, 2 A321neo (CS-TSG, CS-TSF), 3 A321LR (CS-TSI, CS-TSH, CS-TSJ) e 1 A321XLR (CS-TS?)
Em relação à companhia SATA Air Açores, a responsável adiantou que a empresa está “a fazer agora o estudo de substituição da frota, começando pelos [aviões Dash] Q200”.
As aeronaves mais antigas na companhia são os dois Dash Q200, o CS-TRB ‘Graciosa’ (com o número de série 476) e o CS-TRC ‘Faial’ (com o número de série 480).
Recorde-se que há poucos dias a Presidente da SATA explicou que A SATA Internacional vai ter três novos aviões ao serviço até 2025 e a substituição da frota regional da SATA Air Azores encontra-se “em fase de análise e de estudo”.
“Na Azores Airlines, nós temos um A320 Neo que está em fase final de certificação. Vamos receber, no primeiro trimestre, um outro A320 NEO e, para o ano [2025], receberemos um A321 XLR. E ficamos com a frota revista na parte da SATA Internacional”, disse Teresa Gonçalves.
Em relação à companhia SATA Air Azores, a responsável adiantou que a empresa está “a fazer agora o estudo de substituição da frota, começando pelos [aviões Dash] Q200”.
“Mas, ainda estamos na fase de análise e de estudo”, disse a Presidente do Conselho de Administração do Grupo SATA aos jornalistas,
Segundo Teresa Gonçalves, ao nível da descarbonização, o grupo SATA está a tomar “várias medidas”, sendo uma delas a renovação da frota por uma “mais eficiente, com motores mais verdes” e a utilização de combustível sustentável. Ainda segundo a responsável, a sustentabilidade, aos vários níveis, “é fundamental” para a empresa.
“Nós falamos muito na parte ambiental, que é crítica e não digo que não, e é fundamental, mas depois temos toda a parte social, que eu referi, e que é uma preocupação da SATA ter os nossos trabalhadores a sentirem-se bem a trabalhar na empresa”, justificou.

Edit Template
Notícias Recentes
Gastamos mais nos transportes e menos em restaurantes e alojamento - Famílias açorianas têm despesa média anual de 19.400 Euros
Navio ‘Laura’ vai trazer 300 viaturas de Lisboa
PJ faz buscas na escola Antero de Quental
Região conta com mais 94 licenciados em enfermagem a partir de hoje
Novo concurso para reabilitar ruas nas Capelas
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores