Edit Template

Faleceu a professora e escritora Helena Chrystello

Faleceu na madrugada de ontem, na Pneumologia do HDES, em Ponta Delgada, onde estava internada desde 22 Dezembro de 2023, a professora e escritora Helena Chrystello.
Era casada com o jornalista, escritor e nosso estimado colaborador, Chrys Chrystello, deixando 3 filhos e 3 netas.
O corpo será cremado. A cerimónia de deposição de cinzas no columbário (ossário) do cemitério da Maia (Estrada de São Pedro) será no dia 30 de Janeiro, pelas 10h30m.
Helena Chrystello tinha uma licenciatura em Ensino, variante de Português – Francês e um mestrado em Relações Interculturais, subordinado ao tema: “Da Língua à Interculturalidade: um estudo de caso”, pela Universidade Aberta.
Possuia, ainda, o curso superior de Secretariado, do Instituto Superior de Línguas e Administração (ISLA), Lisboa.
Era titular do Certificat Pratique de la Langue Française, Université de Toulouse – Le Mirail e tinha Certificado de Aptidão Profissional – Bolsa Nacional de Formadores, Instituto do Emprego e Formação Profissional.
Leccionou desde 1976/1977. e durante vários anos, no ensino básico, secundário e profissional (coordenadora de cursos e da PAP – Prova de Aptidão Profissional).
Foi assistente na Escola Superior de Educação de Bragança, na área científica de Língua Francesa (2002/2005) e supervisora de estágios.
Foi tradutora, PNN-LUSA (News Gathering and Translation Service, Sydney, Australia) e tradutora de Francês Técnico de programas para cursos técnico-profissionais da CICOPN (1986/1988).
Participou e foi oradora em vários congressos nacionais e internacionais, com trabalhos publicados em actas e revistas científicas da especialidade.
Era Vice-presidente da Direcção da AICL, Associação Internacional dos Colóquios da Lusofonia, membro da Comissão Executiva, da Comissão Científica e presidia ao Secretariado Executivo dos Colóquios da Lusofonia. Foi autora homenageada, com Maria João Ruivo, no 38ºcolóquio da lusofonia (Ribeira Grande 2023).
Foi membro do júri dos 4 Prémios Literários da Lusofonia (anual) desde 2007 a 2010 e dos Prémios AICL Açorianidade (2013-2015).
Pertenceu à Association Canadienne de Traductologie ACT CATS do Canadá.
Compilou, em colaboração com Maria Rosário Girão dos Santos (Universidade do Minho) e Lucília Roxo (EBI Maia) uma antologia (bilingue) de (15) autores açorianos contemporâneos (originalmente destinada ao currículo regional) em 2011, uma antologia monolingue de (17) autores açorianos contemporâneos que faz parte do Plano Regional de Leitura (2012), uma colectânea de textos dramáticos de autores açorianos (2014), uma antologia no feminino (9 ilhas 9 escritoras) (2014), “A Nova Antologia de autores açorianos” (2022) e “9 Poetas 9 Línguas” (2023).
Estava a compilar uma antologia do humor açoriano contemporâneo (2024).
A toda a família e em especial ao nosso colaborador, Chrys Chrystello, o Diário dos Açores apresenta o profundo pesar.

Edit Template
Notícias Recentes
Governo activa regime de apoio á emergência climática
Alexandre Gaudêncio destaca importância do XX Concurso Micaelense da Raça Holstein Frísia
Câmara da Lagoa apresenta ópera “Suor Angelica”
Carreiras dos farmacêuticos no Parlamento
República financia captação de águana Praia da Vitória
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores