Edit Template

Deputado estadual dos EUA diz que SATA faz promoção do país “mas a TAP nem tanto”

“Portugal poderia fazer um melhor trabalho para atrair mais empresas americanas para se instalarem, mas também investir mais em marketing para atrair mais turistas”, afirmou o deputado estadual de Massachusetts, Tony Cabral, que esta semana acompanhou a visita da ministra do Trabalho, Segurança Social e Solidariedade, Ana Mendes Godinho, ao Museu da Baleia em New Bedford, nos EUA.
“Portugal poderia, sem dúvida, cativar melhor a comunidade luso-americana. É uma comunidade que hoje tem muito mais influência para beneficiar o desenvolvimento aqui em Portugal de investimentos de empresas americanas. Portugal poderia ser a porta de entrada na Europa e, no passado, não era necessariamente a porta de entrada”, afirma o deputado estadual que cumpre o 17º mandato na Câmara dos Representantes de Massachusetts.
“Há governos que fizeram um trabalho melhor que outros, mas deve ser constante. Quando o governo muda, às vezes essas relações, esses contatos, não continuam como deveriam”, afirma.
O deputado estadual, que reside em New Bedford, natural da ilha do Pico, defende ainda que Portugal tem capacidade para atrair mais turistas norte-americanos ao país, mas para isso tem de investir mais em marketing para dar a conhecer Portugal.
“Poderia haver ainda mais turismo”, afirma, salientando que, “além dos números mencionados nos EUA, poderia ser 3,4,5-6 vezes muito superior ao que é hoje”.
“Quando se sai das grandes comunidades luso-descendentes, Portugal não é conhecido”, nota Tony Cabral.
“É importante ter mais marketing nos EUA sobre Portugal, neste momento a maior parte é feita por poucas empresas. A SATA faz isso um pouco, a TAP nem tanto, pelo menos na nossa Região. O que é bom é que as próprias empresas americanas, como a Delta ou a United, estão a comercializar Portugal nos EUA”, conclui o político.

Exclusivo Portuguese Times/
Diário dos Açores

Edit Template
Notícias Recentes
Venda de casas arrefece e oferta imobiliária aumenta 16% em Ponta Delgada
Oposição vai requerer inconstitucionalidade da polémica prioridade nas creches
Os cinco pisos da ala nascente do HDES já estão reabertos e acolhem 76 doentes
Missa aos sábados na Ermida de Nª Sª da Paz
Tolerância de ponto para a função pública em festas do Pico, Santa Maria e Corvo
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores