Edit Template

Prisão preventiva para 2 homens suspeitos do crime de roubo em Ponta Delgada

O Comando Regional dos Açores, através da Esquadra de Investigação Criminal, da Divisão Policial de Ponta Delgada, deteve 2 homens, com 27 e 42 anos, fortemente indiciados da prática de vários crimes de roubo, recentemente, ocorridos na ilha de São Miguel.
Na sequência de uma ocorrência, referente a uma agressão cometida contra uma vítima de nacionalidade inglesa, registada na madrugada, do pretérito dia 5 de Fevereiro, foram desenvolvidas várias diligências que permitiram aos investigadores da PSP recolher vários elementos de prova que apontavam para os dois arguidos, os quais, aproveitando-se da condição física debilitada do turista e, já depois de o terem perseguido, desferiram-lhe várias agressões de forma a apoderarem-se do dinheiro e outros artigos pessoais que a vítima transportava na sua posse.
Em resultado das agressões a vítima foi transportada ao Hospital do Divino Espírito Santo em Ponta Delgada, sendo assistido aos ferimentos causados pelos arguidos aquando da prática do crime.
Decorrente da investigação levada a cabo pelos investigadores da PSP foi, ainda, possível verificar que sobre um dos arguidos recaíam, também, fortes indícios de ser o principal autor de dois outros crimes de roubo, tendo num dos quais recorrido a uma pedra para agredir a vítima, causando-lhe ferimentos ao nível da face que motivaram, também, assistência em unidade hospitalar. Perante o vasto e consolidado conjunto de provas reunidas pela PSP e havendo perigo de os arguidos prosseguirem na prática de outros crimes, viriam ambos a ser detidos por ordem de autoridade policial.
De acordo com a investigação foi, ainda, possível verificar que se tratam de 2 arguidos já referenciados por esta Polícia tendo os mesmos, inclusivamente, penas de prisão já cumpridas pela prática de crimes idênticos aos que se encontram sob investigação, subsistindo, ainda, a convicção de que se dedicavam à actividade criminosa com o propósito de obtenção de quantias monetárias que lhes permitissem sustentar a dependência de que ambos padecem relativamente ao consumo de drogas duras.
Assim, após terem sido presentes a primeiro interrogatório judicial, os dois arguidos irão aguardar as ulterioras fases do processo sujeitos à medida de coação mais gravosa, prisão preventiva.
O Comando Regional dos Açores sublinha a importância da pronta intervenção conjunta concretizada pelas autoridades judiciárias e policiais, na medida em que a resposta eficiente e eficaz do sistema de justiça permitirá restabelecer a ordem, segurança e tranquilidades públicas após a detenção de dois arguidos responsáveis pela prática de vários episódios recentes ligados a criminalidade violenta e grave cometidos em pleno centro de Ponta Delgada.

Edit Template
Notícias Recentes
Taxa turística em São Miguel adiada para 1 de Janeiro 2025
ANAC investiga nos Açores se há práticas anticoncorrencias na aviação
“Rotterdam” Hoje em Ponta Delgada com 2.500 Passageiros
Governo dá continuidade à estrutura de missão no âmbito da saúde mental
Normalizadas as ligações aéreas com o Corvo
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores