Edit Template

Prisão preventiva para 2 homens suspeitos do crime de roubo em Ponta Delgada

O Comando Regional dos Açores, através da Esquadra de Investigação Criminal, da Divisão Policial de Ponta Delgada, deteve 2 homens, com 27 e 42 anos, fortemente indiciados da prática de vários crimes de roubo, recentemente, ocorridos na ilha de São Miguel.
Na sequência de uma ocorrência, referente a uma agressão cometida contra uma vítima de nacionalidade inglesa, registada na madrugada, do pretérito dia 5 de Fevereiro, foram desenvolvidas várias diligências que permitiram aos investigadores da PSP recolher vários elementos de prova que apontavam para os dois arguidos, os quais, aproveitando-se da condição física debilitada do turista e, já depois de o terem perseguido, desferiram-lhe várias agressões de forma a apoderarem-se do dinheiro e outros artigos pessoais que a vítima transportava na sua posse.
Em resultado das agressões a vítima foi transportada ao Hospital do Divino Espírito Santo em Ponta Delgada, sendo assistido aos ferimentos causados pelos arguidos aquando da prática do crime.
Decorrente da investigação levada a cabo pelos investigadores da PSP foi, ainda, possível verificar que sobre um dos arguidos recaíam, também, fortes indícios de ser o principal autor de dois outros crimes de roubo, tendo num dos quais recorrido a uma pedra para agredir a vítima, causando-lhe ferimentos ao nível da face que motivaram, também, assistência em unidade hospitalar. Perante o vasto e consolidado conjunto de provas reunidas pela PSP e havendo perigo de os arguidos prosseguirem na prática de outros crimes, viriam ambos a ser detidos por ordem de autoridade policial.
De acordo com a investigação foi, ainda, possível verificar que se tratam de 2 arguidos já referenciados por esta Polícia tendo os mesmos, inclusivamente, penas de prisão já cumpridas pela prática de crimes idênticos aos que se encontram sob investigação, subsistindo, ainda, a convicção de que se dedicavam à actividade criminosa com o propósito de obtenção de quantias monetárias que lhes permitissem sustentar a dependência de que ambos padecem relativamente ao consumo de drogas duras.
Assim, após terem sido presentes a primeiro interrogatório judicial, os dois arguidos irão aguardar as ulterioras fases do processo sujeitos à medida de coação mais gravosa, prisão preventiva.
O Comando Regional dos Açores sublinha a importância da pronta intervenção conjunta concretizada pelas autoridades judiciárias e policiais, na medida em que a resposta eficiente e eficaz do sistema de justiça permitirá restabelecer a ordem, segurança e tranquilidades públicas após a detenção de dois arguidos responsáveis pela prática de vários episódios recentes ligados a criminalidade violenta e grave cometidos em pleno centro de Ponta Delgada.

Edit Template
Notícias Recentes
Câmara de Ponta Delgada investe 250 mil euros na requalificação de ruas nas Capelas
Padre açoriano ordenado no Canadá celebra missa nova nas Feteiras
Trabalhadores de terra da SATA decretam greve em Agosto e Setembro
“Tarifa Açores” mantém-se em 2024 e já beneficiou cerca de 1 milhão de passageiros
Oferta de casas para arrendar desceu 12% em Ponta Delgada no último ano
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores