Edit Template

Oferta de quartos para arrendar e preços disparam em Ponta Delgada

De acordo com dados do idealista, divulgados esta semana, a oferta de quartos para arrendar em Portugal aumentou 53% em comparação com o ano anterior.
Este aumento na disponibilidade de quartos não se acompanha pela diminuição nos preços.
Pelo contrário, cresceram 25% no mesmo período, atingindo uma média de 420 euros por mês.
Analisando as capitais de distrito, quase todas registaram um aumento na oferta de quartos, com excepção de Évora (-66%), Funchal (-64%), Aveiro (-29%), Viana do Castelo (-13%) e Faro (-8%), onde a disponibilidade diminuiu.
Por outro lado, a oferta de quartos disparou em Vila Real (457%), Guarda (230%), Viseu (163%), Castelo Branco (134%), Bragança (122%), Lisboa (121%).
Também nas localidades de Beja (120%), Coimbra (74%), Santarém (72%), Leiria (54%), Ponta Delgada (53%), Porto (16%), Braga (6%) e Setúbal (1%) registou-se maior oferta.
Apesar do aumento da oferta na maioria das cidades, os preços continuaram a subir.
Viseu registou o maior aumento, com um crescimento de 35% no preço dos quartos para arrendar em comparação com o ano anterior.
Seguiram-se Lisboa (32%), Funchal (29%), Bragança (25%), Santarém (25%), Leiria (25%), Setúbal (25%), Vila Real (23%), Guarda (20%), Beja (20%), Viana do Castelo (20%), Castelo Branco (18%) e Porto (18%).
As menores subidas de preço registam-se em Évora (7%), Coimbra (7%), Ponta Delgada (10%), Aveiro (11%), Braga (12%) e Faro (15%).

Edit Template
Notícias Recentes
Taxa turística em São Miguel adiada para 1 de Janeiro 2025
ANAC investiga nos Açores se há práticas anticoncorrencias na aviação
“Rotterdam” Hoje em Ponta Delgada com 2.500 Passageiros
Governo dá continuidade à estrutura de missão no âmbito da saúde mental
Normalizadas as ligações aéreas com o Corvo
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores