Edit Template

Preço médio de venda de imóveis subiu 6% nos Açores em 2023

O preço médio de venda de imóveis nos Açores subiu 6% em 2023, segundo dados revelados pela ERA Portugal.
Os dados da ERA revelam ainda que Ponta Delgada foi o concelho com o preço médio mais elevado em 2023.
Estes dados são relativos à operação da rede imobiliária ERA Portugal no arquipélago dos Açores durante o ano de 2023.
Os números apontam para um crescimento da procura, aumento no volume de negócios e subida generalizada do preço médio de venda face a 2022.
O preço médio de venda dos imóveis na região rondou os 178 mil euros em 2023, representando um aumento 6% em relação aos 167 mil euros registados no ano anterior.
Já o tempo médio de venda dos imóveis caiu -18% no espaço de um ano. Entre a angariação e a escritura, o valor passou de 204 dias em 2022 para 168 dias em 2023.
«O problema estrutural que temos há décadas no setor imobiliário em território continental também se está a sentir nas regiões autónomas, sobretudo porque estamos perante um arquipélago que devido às suas características intrínsecas pode proporcionar uma excelente qualidade de vida. As viagens democratizaram-se e o turismo intensificou-se, por um lado, e por outro, a procura aumentou sem que a construção tenha acompanhado na mesma proporção», afirma Rui Torgal, CEO da ERA Portugal.
A rede imobiliária continua a reforçar a sua presença na Região e acaba de inaugurar uma nova agência na Terceira, «uma ilha estratégica pela dimensão e potencial de crescimento imobiliário», admite Rui Torgal.
Tanto os apartamentos (+17%), como os terrenos (+15%) e as moradias (+3%) registaram uma subida no preço médio em 2023 quando comparado ao ano anterior. No entanto, os apartamentos acabam por se destacar ao passarem de aproximadamente 193 mil euros para 225 mil euros.
No caso dos terrenos, o registo evoluiu de aproximadamente 101 mil euros em 2022 para 116 mil em 2023. Ao passo que nas moradias o preço médio passou de 175 mil euros em 2022 para 180 mil euros em 2023.
Em relação aos concelhos do arquipélago dos Açores, importa referir que Ponta Delgada, Lagoa e Ribeira Grande registam no ano de 2023 o preço médio de venda mais elevado.
O top 4 das nacionalidades dos clientes que mais compraram nos Açores em 2022 era composto pela portuguesa, norte-americana, francesa e brasileira.
Em 2023 mantém-se o mesmo perfil de clientes, com excepção da nacionalidade francesa que foi substituída pela canadiana.

ERA expande negócio
para a ilha Terceira

A ERA reforçou a presença nos Açores com a abertura da sua 6ª agência, desta vez na ilha Terceira.
Este novo espaço junta-se aos já existentes na Horta e no Pico, bem como em São Miguel (Ponta Delgada e Ribeira Grande).
No seguimento desta inauguração, a ERA pretende recrutar mais de uma dezena de colaboradores.
Tiago Azevedo, tranquiado da ERA Terceira, aponta dois motivos para esta aposta: “A melhoria da qualidade de vida e a segurança são as principais responsáveis por um crescimento global da procura que, consequentemente, traz um potencial de negócio enorme a toda a região e à Terceira em particular”, justifica.

Edit Template
Notícias Recentes
há 4 médicos por mil habitantes nos açores, abaixo da média nacional
Venda de carros novos dispara nos dois primeiros meses
Câmara de P. Delgada reforça em 60% verbas para as Juntas de Freguesia
Livro reúne testemunhos sobre os 50 anos do 25 de Abril nos Açores
Câmara Municipal de Ponta Delgada e Greenvolt entregam Bolsas de Mérito a alunos do ensino secundário
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores