Edit Template

Comissão Europeia aprova Plano de Transportes dos Açores 2030

O Plano de Transporte dos Açores (PTA 2030), que contém as principais linhas de actuação do Governo Regional para este sector de actividade até 2030, foi aprovado pela Comissão Europeia.
Os objectivos específicos deste programa, financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), um dos principais instrumentos financeiros da política de coesão da União Europeia, é “desenvolver e reforçar uma mobilidade nacional, regional e local sustentável, resiliente às alterações climáticas, inteligente e intermodal, inclusive melhorando o acesso à RTE-T e a mobilidade transfronteiriça”.
Para Secretária Regional dos Turismo, Mobilidade e Infraestruturas, Berta Cabral, este “é um documento estruturante para o futuro dos transportes da Região”, além de ser uma condição habilitadora de planeamento exaustivo que permitirá a candidatura a fundos comunitários através do programa Açores 2021-2027.
Com o Plano aprovado, candidatou-se no imediato, ao Objectivo Específico RSO3.2 (Desenvolver e reforçar uma mobilidade nacional, regional e local sustentável, resiliente às alterações climáticas, inteligente e intermodal, inclusive melhorando o acesso à RTE-T e a mobilidade transfronteiriça (FEDER)) as obrigações de serviço público interilhas, executando-se 53 milhões de euros de um total de 58 milhões de euros disponíveis nesse eixo.
Berta Cabral defende que este instrumento, elaborado pelo Governo dos Açores, define as prioridades de investimentos infraestruturais estratégicos de médio e longo prazo, nos setores da mobilidade e transportes, incluindo infraestruturas rodoviárias, portuárias e aeroportuárias, de mobilidade e transportes públicos.

Edit Template
Notícias Recentes
Desafios da gestão bancária em debate na Faculdadede Economia e Gestão da UAc com Gualter Furtado
Arrancam sessões de apoio aos jovens empreendedores em Ponta Delgada
A última entrevista da Presidente da SATA antes da demissão: “Se este concurso não avançar, o Governo tem até 2025 para concluir com outro concurso”
SITAVA pede ao Governoque “pare imediatamente”com privatização da SATA
Martins Goulart e Mota Amaral e a Lei Eleitoral
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores