Edit Template

Rede familiar suspeita de traficar droga desmantelada em Rabo de Peixe

Dois homens ficaram em prisão preventiva e outros dois com obrigação de apresentações períodicas diárias às autoridades, na sequência de uma operação que desmantelou uma rede familiar de tráfico de droga em Rabo de Peixe, Açores, foi anunciado ontem.
Segundo o Comando Regional da Polícia de Segurança Pública (PSP) dos Açores, a detenção dos quatro homens, com idades entre os 19 e os 48 anos, foi “o culminar de vários meses de investigação” que permitiu “desmantelar uma rede familiar de tráfico de estupefacientes” que actuava, essencialmente, na zona piscatória da vila de Rabo de Peixe, na ilha de São Miguel.
Na operação policial de “grande envergadura”, que permitiu a realização de uma busca domiciliária e várias buscas não domiciliárias, a PSP apreendeu mais de 256 doses de produto indeterminado, suspeitando as autoridades que se trata de droga sintética, mais de 12 doses de heroína, uma balança de precisão, sete telemóveis, vários recortes e sacos doseadores, utensílios usados no doseamento de droga e 881 euros em notas e moedas.
Após presentes a primeiro interrogatório judicial, dois dos detidos ficaram com a medida de coação “mais gravosa de prisão preventiva” e os restantes com “apresentações periódicas diárias perante as autoridades”, segundo adianta a PSP em comunicado. Na operação colaboraram com a Brigada de Investigação Criminal de Rabo de Peixe da PSP as esquadras de Investigação Criminal de Ponta Delgada e de Intervenção e Fiscalização Policial, a Força Destacada da Unidade Especial de Polícia, com uma Equipa Operacional Cinotécnica, e a Brigada de Investigação Criminal (BIC) da Ribeira Grande.

Edit Template
Notícias Recentes
Produtores e Industriais das pescas criticam Lotaçor por praticar preços superiores à congénere madeirense
Menos pescado e menos valor descarregados em Maio nos portos dos Açores
Insolvências subiram 117% em Ponta Delgada nos primeiros 5 meses deste ano
O melhor do nacional de surf é já depois de amanhã na Ribeira Grande
Bolieiro diz que incêndio deve ser encarado como oportunidade para tornar HDES numa “referência”no país
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores