Edit Template

CTT e Quercus vão plantar 800 árvores na ilha do Pico

No âmbito da iniciativa “Uma Árvore pela Floresta”, os CTT – Correios de Portugal e a Quercus vão organizar, pela primeira vez, uma acção de reflorestação no Arquipélago dos Açores.
Com a ajuda de vários voluntários, a plantação vai decorrer já no próximo Sábado, dia 6 de abril, na ilha do Pico.
Em parceria com o Serviço Florestal do Pico – Direção Regional dos Recurso Florestais e com a ajuda de todos os que queiram juntar-se, serão plantadas cerca de 800 árvores naquela ilha, em particular o cedro do mato (Juniperus brefivolia), na zona do Chão Verde, freguesia de São Roque do Pico, anunciou a empresa dos Correios.
O dia será aberto à comunidade e vai envolver também elementos dos CTT, de serviços públicos, da Guarda Nacional Republicana, câmaras municipais e Junta de Freguesia, pretendendo-se com esta iniciativa promover a importância de preservação e perpetuação das florestas naturais dos Açores.
A concretização de todas as plantações, de uma iniciativa que já vai na 10.ª edição, demonstra o compromisso da Quercus e dos CTT em mobilizar a sociedade para a importância da nossa floresta e para a sua recuperação, afirmam os CTT.

Reflorestação aberta
a quem queira participar

Qualquer pessoa que participe na iniciativa “Uma Árvore pela Floresta” está a contribuir para a reflorestação de Áreas Protegidas e Classificadas em todo o país.
O papel das florestas, das espécies florestais e dos serviços de ecossistemas que elas prestam é essencial para a nossa existência e constitui uma proteção adicional para futuras pandemias.
Graças ao contributo de milhares de pessoas, já foram plantadas mais de 127 mil árvores autóctones em Portugal.
Todas as plantações são organizadas no terreno pela QUERCUS, em colaboração estreita com o ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, Municípios e organizações locais.

Basta inscrever-se
por email

Para quem deseja participar, o que tem que fazer?
Para participar nas plantações basta enviar um mail para [email protected]
Os CTT empregam 12 637 pessoas em Portugal.
Em 2023, obtiveram rendimentos operacionais de 985,2 milhões de euros, um EBIT recorrente de 87,6 milhões de euros e um resultado líquido de 60,5 milhões de euros.
Nesse mesmo ano, os CTT transportaram 421,1 milhões de objectos de correio endereçado.
Com forte presença ibérica, os CTT ligam pessoas e empresas de forma sustentável, conclui a empresa.

Edit Template
Notícias Recentes
Produtores e Industriais das pescas criticam Lotaçor por praticar preços superiores à congénere madeirense
Menos pescado e menos valor descarregados em Maio nos portos dos Açores
Insolvências subiram 117% em Ponta Delgada nos primeiros 5 meses deste ano
O melhor do nacional de surf é já depois de amanhã na Ribeira Grande
Bolieiro diz que incêndio deve ser encarado como oportunidade para tornar HDES numa “referência”no país
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores