Edit Template

Lagoa hasteia bandeira “Laço Azul” assinalando mês da prevenção de maus-tratos infantis

A Câmara Municipal de Lagoa hasteou, no jardim do edifício dos Paços do Concelho, a bandeira do “Laço Azul”, que assinala, em Abril, o mês da prevenção dos maus-tratos infantis, com a presença da Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Cristina Calisto, acompanhada pelo executivo camarário, e da Presidente da Comissão de Protecção de Menores e Jovens (CPCJ) de Lagoa, Ana Bizarro.
Presente neste momento simbólico, Cristina Calisto referiu que “assinalamos o mês da prevenção dos maus-tratos na infância, sensibilizando para esta problemática que merece a nossa reflexão”, parabenizando todo o trabalho que a CPCJ de Lagoa tem feito até hoje e continua a realizar.
Cristina Calisto finalizou a sua intervenção, reiterando a parceria entre a Câmara Municipal de Lagoa e a CPCJ, acreditando que em conjunto, serão uma mais-valia para a protecção de todas as crianças do concelho e realização pessoal dos jovens lagoenses, referindo que estas ocasiões simbólicas também ajudam a alertar para a necessidade de se garantir os direitos das crianças e jovens.
A Presidente da Comissão de Protecção de Menores e Jovens (CPCJ) de Lagoa, Ana Bizarro, agradeceu à Câmara Municipal de Lagoa pelo gesto simbólico e referiu que “esta sempre colaborou connosco”, recordando que todos os anos a CPCJ faz campanhas apelando ao flagelo dos maus-tratos infantis, que infelizmente continua a existir a crianças e jovens, sendo importante alertar para os sinais de risco e prevenir essas situações”. Lembrou, ainda, que a CPCJ tem uma plataforma especial para o caso de denúncia, que é confidencial e secreta. Terminou com a mensagem de que “é uma responsabilidade de todos nós prevenir os maus-tratos infantis e promover a segurança das crianças e o seu bem-estar”.

Edit Template
Notícias Recentes
Produtores e Industriais das pescas criticam Lotaçor por praticar preços superiores à congénere madeirense
Menos pescado e menos valor descarregados em Maio nos portos dos Açores
Insolvências subiram 117% em Ponta Delgada nos primeiros 5 meses deste ano
O melhor do nacional de surf é já depois de amanhã na Ribeira Grande
Bolieiro diz que incêndio deve ser encarado como oportunidade para tornar HDES numa “referência”no país
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores