Edit Template

Recluso fugiu da cadeia e foi apanhado meia hora depois

Um recluso conseguiu escapar do Estabelecimento Prisional de Ponta Delgada, no Domingo, durante o período do recreio da tarde, pelas 16h00.
Segundo confirmou fonte do Sindicato Nacional da Guarda Prisional, “o recluso fugiu saltando por uma zona onde a torre estava desactivada por falta de pessoal”.
O homem, a cumprir pena por tráfico de droga, foi avistado por um guarda prisional de outra torre e viria a ser apanhado cerca de meia hora depois, com um calcanhar fraturado, no quintal de uma residência próxima ao estabelecimento.
Para Frederico Morais, dirigente do Sindicato Nacional da Guarda Prisional, “a falta de guardas está a colocar em causa a segurança das cadeias”, adiantando ainda que não é a primeira vez que há uma tentativa de fuga no referido estabelecimento.
Recorde-se que os guardas prisionais ameaçam parar as prisões portuguesas com uma “greve nunca antes vista”, se o Governo não os chamar, para ouvir as suas reivindicações.
Em entrevista ao Notícias ao Minuto, Frederico Morais tinha já revelado que a revolta destes profissionais aumentou com a promoção de 1.850 militares da Guarda Nacional Republicana (GNR).

Edit Template
Notícias Recentes
17 Marchas de S. João desfilam Hoje em Vila Franca do Campo
Comunidade Açoriana une-se para ajudar famílias no Rio Grande do Sul, Brasil
Duarte Carreiro condecorado com a medalha de mérito das comunidades
Detido indivíduo por suspeita da prática do crime de posse de arma proibida em Ponta Delgada
Azores Pride 2024 arranca na próxima semana na Terceira e em São Miguel
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores