Edit Template

Banif: Lesados ainda acreditam numa solução mesmo com o Governo da República em gestão

Findado o ano de 2023 e não houve à vista solução para os lesados do Banif segundo avança a Antena 1 Açores. Passados 8 anos desde a falência do banco, que trouxe milhões de euros de prejuízos a muitos clientes açorianos, continua sem fim à vista o processo, sendo o mesmo agravado agora com a demissão de António Costa.
Visto que a negociação encontrava-se finalmente a chegar a um entendimento, depois das promessas políticas de António Costa, a verdade é que com a demissão do Primeiro-ministro, as mesmas encontram-se, mais uma vez, em stand by: “para nós é triste, porque (…) estávamos esperançados que era agora que iríamos ter uma solução, mas pelos vistos aconteceram imprevistos e situações estranhas ao processo, nomeadamente a demissão do governo e tivemos mais uma vez azar”, declarou Jacinto Silva, Presidente da Associação de Lesados do Banif ao mesmo meio de comunicação.
Porém, Jacinto Silva não desiste da luta, continuando a acreditar numa solução para este processo: “se eu acreditar que não tem, o processo morre. As pessoas não têm meios de se movimentar e de se fazerem ouvir. Portanto, nos temos de ser os últimos a desistir e não vamos desistir.”
Sendo aliás esta persistência que António Costa deveria ter, mesmo em funções de gestão, salienta Jacinto Silva: “ainda acredito na promessa, esteja ele em funções de gestão ou como esteve neste 8 anos anteriores. Ainda lhe fazia um apelo para que de uma forma ou de outra o processo ficasse concluído no ministério das finanças para quem vier a seguir lhe dê o devido andamento”, frisou o Presidente da Associação de Lesados do Banif.
O Banif faliu em 2015 e deixou lesados milhares de clientes que investiram em títulos financeiros num valor de 230 milhões de euros.

Edit Template
Notícias Recentes
Venda de casas arrefece e oferta imobiliária aumenta 16% em Ponta Delgada
Oposição vai requerer inconstitucionalidade da polémica prioridade nas creches
Os cinco pisos da ala nascente do HDES já estão reabertos e acolhem 76 doentes
Missa aos sábados na Ermida de Nª Sª da Paz
Tolerância de ponto para a função pública em festas do Pico, Santa Maria e Corvo
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores