Edit Template

Detido indivíduo pela presumível prática do um crime de furto qualificado na Lagoa

No âmbito da actividade operacional regular desenvolvida pela Divisão Policial de Ponta Delgada, através de um conjunto de acções que culminaram com a detenção de 17 indivíduos, nomeadamente na detenção de um indivíduo, de 59 anos, no concelho da Lagoa, pela suspeita do crime de ameaças de ofensas à integridade física contra o seu irmão;
A detenção de um indivíduo, de 34 anos, no concelho da Lagoa, pela presumível prática do um crime de furto qualificado;
A detenção de 4 indivíduos, com idades entre os 24 e os 49 anos, no concelho de Ponta Delgada, dois pelo crime de condução de veículo sem habilitação legal e dois pelo crime de condução de veículo sob a influência de álcool, apresentando uma TAS superior a 1,20 g/l.
Procederam ainda à execução de 3 mandados de detenção e condução, emanados pela Autoridade Judiciária competente, de 3 indivíduos, com idades entre os 27 e os 42 anos, nos concelhos de Ponta Delgada e da Ribeira Grande, para cumprimento de penas de prisão efectiva, neste caso na pena de 4 anos e 10 meses, pelo crime de violência doméstica; a pena de 2 anos e 4 meses, por crimes contra a propriedade e a pena de 4 meses de prisão efectiva, por crimes contra a Autoridade Pública.
Executaram também 8 mandados de detenção e condução, emanados pela Autoridade Judiciária competente, de 8 indivíduos, com idades entre os 27 e os 62 anos, nos concelhos de Ponta Delgada e Ribeira Grande, para assegurar a presença em diligências processuais no tribunal.

Registados 50 acidentes
nos Açores

Na Região Autónoma dos Açores, no período de 15 a 18 de Janeiro de 2024, foram registadas 50 ocorrências de acidentes de viação (30 em São Miguel; 13 na Terceira; 3 na Graciosa; 3 no Pico e 1 nas Flores), além dos danos materiais, provocaram 15 feridos (4 graves e 11 ligeiros).

Prisão preventiva para suspeito
de violência doméstica
em Angra do Heroísmo

A Divisão Policial de Angra do Heroísmo, através dos polícias da Esquadra Policial de Angra do Heroísmo, no passado dia 15 de Janeiro, procedeu à detenção de um homem, de 41 anos, pela presumível prática do crime de violência doméstica contra a sua progenitora, de 80 anos.
A detenção ocorreu no seguimento de um pedido de comunicação via Centro de Comando e Controlo, com a notícia de desavenças familiares. Já no local, os polícias da Esquadra de Angra do Heroísmo, vislumbraram a vítima à janela da sua residência, em enorme estado de nervosismo e a pedir auxílio à Polícia, tendo informado aos polícias que tem sido alvo de vários episódios de violência cometidos pelo seu filho (o suspeito).
Já no interior da residência o suspeito começou a proferir diversas expressões ameaçadoras e agressivas contra a Policia, barricando-se na cozinha munido com um martelo, ameaçando os polícias.
No decurso da intervenção policial foi dado ordens pelos polícias ao suspeito para largar o martelo, tendo o homem se recusado a acatar as mesmas. Após alguma resistência acabou por ser algemado e detido em flagrante delito.
Constatou-se ainda que a vítima, de 80 anos, vivia num quadro de especial censurabilidade por se tratar de pessoa especialmente fragilizada, não só pela sua idade avançada, mas sobretudo pelos seus graves problemas de saúde, e por viver em condições indignas, no piso superior da sua residência e sem acesso ao piso inferior, ocupado pelo suspeito, uma vez que o mesmo havia obstruído a saída com mobília e evitava qualquer contacto com a sua mãe.
O detido após ter sido presente perante a Autoridade Judiciária competente foi-lhe aplicado a medida de coacção mais gravosa, prisão preventiva.

Edit Template
Notícias Recentes
Cardoso Jorge, Presidente da Casa do Povo: “Há falta de creches; só no Pico da Pedra temos 60 famílias em lista de espera”
10 artesãos homenageados no Dia da Freguesia dos Arrifes
Prisão preventiva para suspeito do crime de tráfico de estupefacientes na Ribeira Grande
Já arrancaram os voos da SATA de Toronto e Boston para Funchal
Exposição “Fringe” na ilha de São Jorge
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores