Edit Template

Ribeira Chã convida a usar fantasia de carnaval no Festival da Malassada

No âmbito do 8.º Festival da Malassada, que terá lugar no próximo fim-de-semana, na freguesia da Ribeira Chã, na Lagoa, a entidade organizadora, Centro Social e Paroquial da Ribeira Chã, convida todos os visitantes a trazerem a sua fantasia, para dar mais cor e brilho ao evento, proporcionando, assim, um ambiente mais carnavalesco. A entrada é livre.
Entre as 15h00 e as 19h00, dos dias 10 e 11 de Fevereiro, o Centro de Catequese e Cultura da Ribeira Chã será palco da edição deste ano do Festival da Malassada, estendendo-se o evento a toda a rua da Boavista, com barraquinhas de confecção e venda de malassadas, doçaria típica desta época carnavalesca e licores, a cargo de várias empresas e instituições, como o Centro de Actividades de Tempos Livres – O Borbas, Pastelaria Deolinda, o Grujola, Padaria e Pastelaria Flora, Lima & Quental, Lda., Biscoitaria da Bretanha, Sociedade Filarmónica Lira do Rosário, Centro Social e Cultural da Atalhada, Grupo de Catequese da Matriz da Lagoa, Sagrado e Centro Social e Paroquial da Ribeira Chã. Para além de que, os visitantes poderão degustar, de forma gratuita, o tradicional chá de poejo e chá da Gorreana.
Nesses dois dias, haverá, igualmente, animação infantil dedicada aos mais jovens, com pula-pulas, pinturas faciais, jogos tradicionais, a cargo da Escola Profissional EPROSEC, e algumas oficinas lúdicas, como um workshop de bordado do projecto «A Avó Veio Trabalhar nos Açores». A Associação 9’ Circos apresentará o espectáculo «Desclowntrolado», dedicado aos mais novos. Os «Urban Sketchers» também irão associar-se ao festival, onde terão a oportunidade de captar pormenores, através do desenho, guardando as suas impressões e sensações ali vivenciadas.
Para animar o festival, irão actuar o Grupo Som do Vento, o Ensemble de Saxofones da Sociedade Filarmónica Estrela D´Alva, Violas da Terra de Rafael Carvalho, Grupo de Cantares Vozes do Mar do Norte, o Grupo de Cantares Vozes do Monte Santo e o Grupo de Cantares Tradicionais de Santa Cruz.
Nestes dias, os interessados poderão visitar os núcleos museológicos da Ribeira Chã, que estarão abertos, entre as 15h00 e as 17h00, com entrada gratuita, com o intuito de conhecerem melhor a história e a cultura desta pequena freguesia do concelho da Lagoa.
De referir que, este festival conta com o apoio da Câmara Municipal de Lagoa, da Junta de Freguesia da Ribeira Chã e das empresas Finançor, Insco Insular, Sicosta, Gorreana, EPROSEC, Lima & Quental, Restaurante «O Carlos» e Megasil. As receitas angariadas reverterão a favor das obras de beneficiação da Igreja Paroquial.

Edit Template
Notícias Recentes
Prioridade nas creches será para crianças de pais trabalhadores
Milhares de Sopas do Espírito Santo hoje no Campo de S. Francisco
Açores registam forte subida no ranking das escolas
Número de doentes internados com Covid-19 está abaixar
Arquivado processo de dois padres Açorianos suspeitos de abuso sexual
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores