Edit Template

José Manuel Bolieiro destaca abertura de 378 vagas para professores nos quadros dos Açores

O Presidente do Governo Regional dos Açores, José Manuel Bolieiro, valorizou a abertura de 378 vagas em lugares de quadro na Região, totalizando 1.398 vagas no quadro durante o mandato do actual Governo dos Açores, elemento essencial na procura do sucesso educativo.
“Este é o valor mais alto de número de vagas abertas, desde que o XIII Governo dos Açores está em funções, o que manifesta a aposta na estabilidade da vida profissional e pessoal dos educadores e professores na Região”, destaca o governante
A abertura de vagas agora publicada disponibiliza 262 lugares em quadro de escola, 105 lugares em quadro de ilha e ainda 11 lugares no quadro de Educação Moral e Religiosa.
A abertura das vagas em quadros de ilha resulta do recurso a contratos de trabalho a termo resolutivo pelas escolas da rede pública regional, “em horário anual e completo, em cada grupo de recrutamento, por períodos de três anos”, o que determina a abertura do correspondente número de vagas no grupo de recrutamento e no quadro ilha a que pertencem as escolas onde se verificou a sucessão de contratos.
“Temos a profunda convicção que a educação é a prioridade máxima das políticas públicas de desenvolvimento das populações. O sucesso é, pois, a nossa referência”, concretiza José Manuel Bolieiro.
Recorde-se que, no começo do mês, verificou-se uma significativa melhoria na taxa de abandono precoce de educação e formação nos Açores, de 26,1% para 21,7%, um “número histórico”, referente a 2023, avançado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Edit Template
Notícias Recentes
há 4 médicos por mil habitantes nos açores, abaixo da média nacional
Venda de carros novos dispara nos dois primeiros meses
Câmara de P. Delgada reforça em 60% verbas para as Juntas de Freguesia
Livro reúne testemunhos sobre os 50 anos do 25 de Abril nos Açores
Câmara Municipal de Ponta Delgada e Greenvolt entregam Bolsas de Mérito a alunos do ensino secundário
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores