Edit Template

Enfermeiros acusam Misericórdias de não responder ao pedido de negociações

A secção regional dos Açores do Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal (Sindepor) anunciou ontem que enviou pedidos de reunião, “com carácter de urgência”, aos presidentes da União Regional das Misericórdias dos Açores e da União Regional das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), no passado dia 15 de Março.
O objectivo destas solicitações é iniciar as negociações para um Acordo Colectivo de Trabalho “que reconheça e valorize devidamente o papel crucial desempenhado pelos profissionais de enfermagem no contexto dos cuidados de saúde nas instituições representadas por estas uniões”.
Até à data, o Sindepor Açores “lamenta informar que não recebeu qualquer resposta ou manifestação de interesse por parte das instituições mencionadas, apesar da urgência e da importância que este assunto representa para os enfermeiros e para a qualidade dos cuidados de saúde prestados à população açoriana”.
“Lamentamos profundamente esta falta de resposta. Temos tido alguma abertura por parte do Governo regional e não podemos aceitar que estas uniões, que são pilares muito relevantes do nosso sistema de Saúde, se coloquem fora de processos que, em última instância, beneficiam os açorianos”, critica Marco Medeiros, coordenador da Região dos Açores do Sindepor.
O Sindepor Açores “reitera a sua disponibilidade e vontade em dialogar de forma construtiva, visando alcançar um acordo que beneficie tanto os trabalhadores como as instituições envolvidas, garantindo assim uma melhoria contínua na prestação de cuidados de saúde na Região”.
O sindicato deixa o apelo às direcções da União Regional das Misericórdias dos Açores e da União Regional das Instituições Particulares de Solidariedade Social para que respondam ao pedido enviado em 15 de Março, “demonstrando abertura para trabalhar conjuntamente em prol dos direitos e do reconhecimento dos enfermeiros açorianos”, conclui uma nota enviada ao nosso jornal.

Edit Template
Notícias Recentes
União Desportiva do Nordeste comemora os 50 anos do clube
2ª edição da formação “Cidadania Digital: Riscos e Oportunidades da Internet”
Bolieiro manifesta oposição à criação de uma taxa turística regional
Actividade ambulatória de Pediatria regressa amanhã ao HDES
Há 5 municípiosnos Açores com mais procura de casas para viver no campo
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores