Edit Template

SATA já está a voar para Montreal antecipando a operação em dois meses

A companhia aérea Azores Airlines antecipou em dois meses a operação aérea directa entre Ponta Delgada e Montreal (Canadá), que arrancou ontem, conforme tinha anunciado no final do ano passado.
“A Azores Airlines antecipará o início da operação directa entre Montreal e Ponta Delgada para o dia 4 de Abril de 2024, dois meses antes do inicialmente previsto, com a oferta de uma ligação semanal, à Quinta-feira”, anunciou então a companhia.
A ligação semanal directa entre os Açores e Montreal ocorrerá à Quinta-feira entre 4 de Abril e 30 de Maio, sendo depois incrementada com a oferta de mais três ligações por semana.
Entre Junho e Setembro a companhia aérea vai operar quatro ligações semanais, à Segunda-feira, à Terça-feira, à Quinta-feira e ao Sábado.
A empresa indicou que ao antecipar a data de início desta operação procurou “não só melhorar o serviço prestado às comunidades açorianas residentes no Canadá, mas também corresponder à procura” de turistas.
“Adicionalmente, esta operação representa uma conquista importante para a Azores Airlines, que passou a poder contar com uma faixa horária noturna no Aeroporto Internacional de Montreal, algo que queríamos alcançar há algum tempo e que já havia sido identificado como sendo da preferência dos nossos passageiros”, acrescentou.
Segundo a CEO (directora executiva) do Grupo SATA, Teresa Gonçalves, “a antecipação do início da operação vem, assim, dar resposta aos passageiros que estão a utilizar, de forma crescente e consistente, as ligações da Azores Airlines para chegar aos Açores e a outros destinos europeus para os quais a companhia aérea voa”.
A operação entre Montreal e Ponta Delgada ocorre em faixa horária nocturna, “sendo mais confortável para os passageiros e aumentando o potencial de conectividade à chegada aos Açores, através de voos de ligação na SATA Air Açores, que chegam às restantes ilhas do Arquipélago, bem como a outros destinos da Europa operados pela Azores Airlines”.
No sentido inverso, a partida de Montreal será às 21h30 (locais) e a chegada a Ponta Delgada será às 06h30 (locais) do dia seguinte.
Em época alta, a Azores Airlines passa a ter 15 ligações semanais entre Portugal (ilhas de São Miguel e da Terceira, Porto e Funchal) e o Canadá (Toronto e Montreal).
Como é sabido, a companhia faz parte da SATA Holding, que integra também a SATA Air Açores, fundada em 1941 e que assegura as ligações entre as ilhas açorianas, e a SATA Aeródromos, que gere quatro dos cinco aeroportos dos Açores.
O Grupo SATA opera “uma rede regular de destinos entre os Açores e a América do Norte, a Europa e os arquipélagos dos Açores, Madeira e Cabo Verde”.


Privatização conhecida
amanhã

O Presidente do júri do concurso para a privatização da SATA, o economista Augusto Mateus, vai anunciar amanhã em Ponta Delgada quais as decisões a que chegou o júri.
O anúncio vai ser feito numa conferência de imprensa em Ponta Delgada, ao início da tarde.
Recorde-se que em Dezembro do ano passado o Governo dos Açores decidiu suspender o processo de privatização da Azores Airlines, devido à instabilidade política que gerou eleições antecipadas.
O Governo de José Manuel Bolieiro considerou então que esta era a a “forma mais responsável”, ética e democrática de decidir tendo por base a “defesa do superior interesse dos Açores”.
Recorde-se ainda que dois consórcios – o Newtour MS Aviation e o Atlantic Consortium – apresentaram propostas para alienar no mínimo 51% do capital social da Azores Airlines e no máximo 85%.
No relatório intercalar o júri do concurso manifestou dúvidas sobre um dos concorrentes cuja proposta não era “definitiva, firme nem vinculativa”.
O relatório final vai ser agora apresentado por Augusto Mateus, que o entregará ao Conselho de Administração da SATA, para uma decisão final a propor à tutela, estando depois o Governo dos Açores em condições de seguir ou não as orientações do relatório.

Edit Template
Notícias Recentes
União Desportiva do Nordeste comemora os 50 anos do clube
2ª edição da formação “Cidadania Digital: Riscos e Oportunidades da Internet”
Bolieiro manifesta oposição à criação de uma taxa turística regional
Actividade ambulatória de Pediatria regressa amanhã ao HDES
Há 5 municípiosnos Açores com mais procura de casas para viver no campo
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores