Artigos

Cerca de 300 mulheres integram I Romaria de Senhoras da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima

Padre Norberto Brum

Este ano, e pela primeira vez, a Paróquia de Nossa Senhora de Fátima – Lagedo, Ponta Delgada, organiza uma Romaria Quaresmal de Senhoras.

Esta primeira Romaria de Senhoras, que tem como tema “Tudo posso n’Aquele que me fortalece”, sairá da Igreja de Nossa Senhora de Fátima, no próximo Sábado, dia 6 de Abril, após Eucaristia pelas 04h30, em direcção à Igreja de São José, na Ribeira Chã, e conta com 286 irmãs inscritas.

“Vamos da “Esposa” para o “Marido”; de Nossa Senhora até São José. Com este itinerário pretende-se despertar para o valor da família, do matrimónio e da relação marido e mulher”, explicou o padre Norberto Brum.

De acordo com este responsável, “esta Romaria pretende ser, mais que uma caminha física, um percurso de fé e esperança, um momento especial de encontro com a verdade do que somos e com a verdade de Deus a nosso respeito. Pretende-se que ela seja como que um retiro andante onde a oração, a mediação da Palavra de Deus, a fraternidade e a alegria sejam tónicas dominantes”.

As cerca de 300 romeiras debruçaram-se na frase «Tudo posso n’Aquele que me fortalece» nos diversos encontros de preparação, que decorrem na Igreja de Nossa Senhora de Fátima, “encontros que foram momentos fortes de reflexão, mediação e oração. Mais que ensaiar cânticos ou dar meras informações, a Paróquia pretendeu com estes encontros de preparação dar uma oportunidade a todas as irmãs inscritas e a quem desejou participar, de aprofundamento da fé e do seu ser Igreja, trazendo ao de cima o “poder” que cada uma traz em si mesma”, comentou o padre Norberto Brum.

Adoptar novas formas de ser e de encarar as diferentes realidades foram desafios lançados pelo pároco que encorajou as irmãs a serem mais: tu podes ser mais! Tu podes mais. Criar novas relações alicerçadas numa verdadeira empatia foi tónica dominante destes encontros.

Toda a Romaria será marcada por diversas simbologias que pretendem ajudar as irmãs Romeiras a viverem um encontro consigo, com Deus e com os irmãos, desde os números bíblicos 7 e 12. 7 serão os grupos que integrarão o “rancho”, numa alusão aos 7 dias da semana, aos sete sacramentos e aos sete dons do Espírito Santo; 12 serão as igrejas a percorrer, numa alusão aos 12 apóstolos.

Conforme deu conta o padre Norberto Brum, “pelos encontros de preparação vividos e pela organização atingida, tudo aponta que esta I Romaria de Senhoras da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima venha a ser um marco importante na vida pessoal de cada uma das irmãs e na vida da própria Comunidade”.