Artigos

Número de famílias insolventes aumenta nos Açores

ponta delgada1Nos Açores, as insolvências das famílias continuam a disparar, registando-se uma subida de 105% no primeiro semestre do ano, comparada com o período homólogo do ano anterior.
Segundo a Antena 1 Açores, a situação só foi ultrapassada pelo distrito de Bragança onde as insolvências das famílias atingiram 280%. Em todo o país, entre Janeiro e Junho deste ano, 6.820 pessoas foram declaradas falidas, o que significa um acréscimo de 9,7%. Ainda assim, esse crescimento foi muito menos acentuado do que em anos anteriores.
Os dados foram cedidos ao jornal Público pelo Instituto Informador Comercial – uma consultora de gestão de crédito, e mostram que, ao contrário das famílias, há menos empresas a declararem falência. Em todo o país, os tribunais declararam 3.112 negócios falidos entre Janeiro e Junho, o que representou uma redução de 8.6% face a 2012.
No entanto, o ritmo global das insolvências cresceu 3.2% fruto das dificuldades das famílias. Nos Açores, no mesmo período, os tribunais declararam um total de 147 insolvências, a maior parte das famílias, o que originou um crescimento global de 86%.