Entregue no parlamento proposta para a mobilidade eléctrica nos Açores

carros electricos

O Governo dos Açores já entregou na Assembleia Legislativa a proposta de decreto legislativo regional que define a estratégia para a implementação da mobilidade eléctrica no arquipélago, recentemente aprovada em Conselho do Governo.

Segundo nota do gabinete de imprensa do governo, este diploma dá corpo ao Programa do Governo na área da energia, no que diz respeito ao reforço da política de redução de consumo de combustíveis fósseis e de dependência energética face ao exterior, de promoção de consumos e comportamentos energeticamente eficientes e de aposta na inovação, na tecnologia, na eficiência energética e em diversas soluções para a mobilidade eléctrica.

A estratégia tem por base o facto de os Açores reunirem as condições ideais para a implementação da mobilidade eléctrica, considerando as características geográficas, fisiográficas e ambientais de cada uma das ilhas e a suas dimensões, que beneficiam da existência de percursos médios diários relativamente curtos face à autonomia crescente dos veículos eléctricos e à evolução tecnológica deste sector, que está fortemente empenhado em acompanhar a concretização do novo paradigma de desenvolvimento sustentável, fomentando ainda a competitividade da Região, enquanto espaço insular, no contexto nacional, europeu e mundial.

O diploma prevê um conjunto de medidas, nomeadamente a implementação de uma rede de carregamento de veículos eléctricos de acesso público, que abrangerá todas as ilhas e concelhos dos Açores.

 

Rede de carregamento 

em todos os concelhos

 

Contempla ainda a instalação progressiva da rede de carregamento de veículos eléctricos em edifícios em regime de propriedade horizontal, em empreendimentos turísticos e em infraestruturas turísticas, sociais, recreativas, culturais e desportivas, entre outras, bem como em estabelecimentos e conjuntos comerciais, em parques de estacionamento de acesso público e em operações de loteamento urbano, tudo com o objectivo de proporcionar maior conforto e segurança aos utilizadores dos veículos eléctricos nos vários percursos e itinerários que realizem, satisfazendo as necessidades imediatas ou emergentes de carregamento.

Estão também previstos incentivos e metas para a adopção da mobilidade elétrica que contemplem a discriminação positiva dos utilizadores de veículos eléctricos dos Açores, considerando a natureza estratégica e operacional deste tipo de mobilidade, incluindo a administração pública e o sector público empresarial.

Para fomentar a massificação do uso dos veículos eléctricos estão já a ser desenvolvidas acções de sensibilização, de informação e de promoção da mobilidade eléctrica, dirigidas aos diferentes públicos-alvo e sectores de actividade.