Turismo gera mais de 10% da riqueza e 20% do emprego

livro turismo“O Turismo na Economia dos Açores: Do Arranque do Século XXI à Pandemia de 2020” é o título do livro, da autoria de Mário Fortuna e Raquel Maciel, a lançar hoje, às 17h30, via plataforma ZOOM, numa webinar com o endereço https://zoom.us/j/94848774422?pwd=eDh1KytSQVcrNFN4UU1iTGFWL1JkQT09.

Farão intervenções Francisco Silva, Presidente da Faculdade de Economia e Gestão da Uac; Rodrigo Rodrigues, Presidente da Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo; Mário Fortuna, co-autor do livro; e a Moderação será de Osvaldo Cabral

Este livro passa em revisão alguns indicadores da evolução do turismo, com realce para a geração de riqueza e de empregos. 

É adoptada uma abordagem do conjunto de actividades associadas ao turismo, através da utilização do conceito e da informação das Contas Satélite, uma ferramenta de identificação do peso de um cluster de actividades.

O turismo é caracterizado no seu percurso entre 2000 e 2019, em função da sua estrutura e evolução na economia dos Açores.

 No período em questão, este cluster ganha expressão significativa na economia do arquipélago, ultrapassando a barreira dos 10% da riqueza gerada e quase atingindo os 20% do emprego regional.

A acentuada sazonalidade é evidenciada como uma característica do sector, com problemas agravados pelo crescimento a que se assistiu, com um registo mais acentuado do que o de destinos comparáveis.

No final, o livro, repositório de vários trabalhos desenvolvidos no âmbito de um projeto de investigação financiado pelo PO Açores 2020, apresenta as bases de um modelo de análise e previsão aplicado à economia dos Açores, com destaque do sector do turismo. 

Apresenta projecções dos impactos da pandemia Covid-19 e das medidas utilizadas para a sua mitigação, identificando quebras significativas da actividade económica, em excesso de 20%, sem medidas de mitigação, e em excesso de 10%, com as medidas anunciadas. 

Estes valores globais são muito mais gravosos quando se analisam os impactos nas actividades do cluster do turismo, onde se incluem transportes aéreos, alojamento, restauração e outros serviços diversos prestados aos viajantes.

O livro constitui um referencial para a análise do turismo ao longo e depois da pandemia de 2020.