Feira Agro Comercial da Ilha Terceira com número recorde de bovinos

  • Imprimir

vacas2A 12.ª Exposição Agro Comercial da Ilha Terceira (AGROTER) arrancou, ontem,  na Praia da Vitória, conta com menos expositores comerciais, mas tem mais animais em exposição e a concurso.
“Vamos bater recordes no número de bovinos em exposição e a concurso, o que significa que as pessoas já não têm vergonha de mostrar os seus animais”, afirmou Paulo Simões Ferreira, presidente da Associação Agrícola da Ilha Terceira (AAIT), em declarações à Lusa.
A feira, que decorre até domingo no recinto da Zona Verde da Praia da Vitória, tem este ano menos expositores comerciais, já que o evento deixou de ser realizado em parceria com a Câmara de Comércio de Angra do Heroísmo.
Paulo Simões Ferreira salientou que a falta de um espaço coberto, como o Parque de Exposições da Ilha Terceira, que está em construção, implica custos acrescidos para a organização de um evento desta natureza, pelo que a AAIT optou por abdicar dos espaços comerciais.
A AGROTER tem em exposição e a concurso 172 bovinos da raça ‘Holstein Frísia’, que predomina nos Açores, propriedade de 31 produtores, estando ainda a concurso animais da raça ‘Ramo Grande’ e de raças vocacionadas para a produção de carne.
O presidente da AAIT frisou que se tem verificado uma evolução positiva nos animais que se apresentam a concurso, salientando que, nos últimos anos, os juizes estrangeiros têm considerado que “a melhoria genética é muito significativa”.
A feira não tem ovinos e caprinos em exposição, como aconteceu noutras edições, mas terá cavalos e exemplares de ‘Pónei da Terceira’. O programa inclui ainda provas de produtos regionais, espectáculos equestres e espectáculos de música com artistas locais.