PPM propõe estudo sobre achados arqueológicos nas ilhas Terceira e Corvo

paulo estevãoO deputado do PPM na Assembleia Legislativa dos Açores, propôs esta terça-feira, em projecto de resolução, que o Governo Regional promova um estudo interdisciplinar para datar achados arqueológicos na região. “É necessário fazer um trabalho arqueológico que permita datar aquelas estruturas”, salientou Paulo Estêvão, numa conferência de imprensa, em Angra do Heroísmo, na Terceira, referindo-se a achados arqueológicos realizados na Grota do Medo e no Monte Brasil, naquela ilha, e na ilha do Corvo. O parlamentar monárquico falava de interpretações avançadas por arqueólogos da Associação Portuguesa de Investigação Arqueológica (APIA) que sugerem que algumas estruturas rochosas nesses locais antecedem o povoamento português.
Paulo Estêvão salientou que o tipo de estudo exigido não é dispendioso, acrescentando que se trata de “verificar uma estrutura que corresponda ao período daquela construção e que os materiais encontrados sejam passíveis de ser datados”. O deputado disse que as estruturas podem ter interesse turístico, mesmo que não se venha a comprovar que são anteriores ao povoamento português.