PCP quer debate de urgência sobre transporte aéreo nos Açores

anibal piresO PCP/Açores requereu ontem um “debate de urgência” no parlamento regional sobre o transporte aéreo no arquipélago, alegando que importa discutir “uma visão estratégica” para o sector e para a SATA, a transportadora açoriana.
“Num momento em que existem sinais, que se tornam cada vez mais claros, da vontade política do Governo Regional em impor diversas alterações ao serviço de transporte aéreo nos Açores, importa que o Parlamento Regional discuta uma visão estratégica para os transportes aéreos nos Açores”, afirma o deputado comunista Aníbal Pires, num comunicado.
De acordo com a agência Lusa, o debate parlamentar deverá ocorrer já na sessão plenária de Maio, que decorrerá na Horta na próxima semana.
Entre as possíveis alterações em causa, Aníbal Pires destaca “a desarticulação” da SATA Internacional e a eventual abertura de portas a um processo de privatização parcial ou completa do serviço público de transporte aéreo.
Para Aníbal Pires, o intuito do PCP é “contribuir para um esclarecimento das intenções do Governo Regional em relação à SATA, combatendo a gigantesca campanha de desinformação que tem sido levada a efeito em relação à transportadora aérea regional e aos moldes em que presta o seu serviço, bem como à sua relação financeira com o Governo Regional”.
Dada a importância do transporte aéreo, o deputado comunista considerou que “a Região tem de assegurar o futuro da SATA, enquanto empresa pública e ferramenta estratégica para o desenvolvimento dos Açores”.
Nas últimas semanas, a SATA enfrentou dois períodos de greve, de 23 a 25 de Abril e 2 a 4 de Maio, com grande adesão dos trabalhadores, sendo que os prejuízos para a transportadora aérea ainda não são conhecidos.
Por outro lado, na semana passada, o Secretário Regional do Turismo e Transportes, Vítor Fraga, afirmou, em declarações à TSF/Açores, que a greve terá “consequências”, defendendo um “reposicionamento” da SATA “para evitar que situações similares se repitam”.
Dias mais tarde, a RTP/Açores noticiou que o Governo Regional está a estudar mudanças na SATA Internacional (que assegura as ligações para fora do arquipélago).