TAP aumentou quota de mercado em Ponta Delgada de 8 para 12%

TAPA TAP aumentou a sua quota de mercado em todos os aeroportos nacionais, crescendo em POnta Delgada de 8 para 12%.

Também na Madeira a TAP aumentou a sua quota de mercado para 29%. 

Foram transportados mais 44 mil passageiros do que no mesmo período de 2017.

 A TAP Air Portugal afirmou que o Aeroporto da Madeira é “o que mais beneficia” com o aumento da quota de mercado da companhia, verificado no primeiro trimestre deste ano, nos principais aeroportos nacionais. 

O comunicado da TAP, em reacção aos dados divulgados pela Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC), surge numa altura em que a transportadora é acusada pelo Governo Regional da Madeira de prejudicar a economia do arquipélago devido aos cancelamentos e atrasos nos voos. 

De acordo com o boletim estatístico da ANAC, de Janeiro a Março, a TAP transportou 192.459 passageiros para o Aeroporto da Madeira, onde a quota de mercado da companhia aumentou de 15% para 29%. 

Este número representa um crescimento de 30%, revela o relatório da ANAC. 

No total, foram mais 44 mil passageiros transportados face ao mesmo período de 2017. 

Em Lisboa, a TAP detém 53% de quota de mercado e 19% no Porto. 

Já em Faro, a quota de mercado cresceu de 3% para 8% e, em Ponta Delgada, de 8% para 12%. 

Ainda segundo a ANAC, nos primeiros três meses do ano, o número de passageiros transportados pela TAP em todos os aeroportos nacionais cresceu 18%, acima do registado nos aeroportos portugueses, que se ficou pelos 12,55%. 

Assim, a companhia considera que vê “confirmado e reforçado o contributo fundamental que tem dado para o aumento dos fluxos turísticos em todas as regiões do país”.