Governo dos Açores entregou seis viaturas todo-o-terreno à PSP

psp viaturasA Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas entregou ontem, em Ponta Delgada, seis viaturas todo-o-terreno à Polícia de Segurança Pública, num investimento de cerca de 191 mil euros.

“É nosso entendimento que as forças de segurança pública devem ser apoiadas, tendo em consideração o imprescindível serviço público que prosseguem e que, naturalmente, se repercute ao nível da segurança da população açoriana”, frisou Ana Cunha, na cerimónia de entrega das viaturas.

A Secretária Regional salientou que a entrega destas viaturas “está englobada num montante de mais de 1,5 milhões de euros de apoios já atribuídos à PSP, através do Fundo Regional dos Transportes Terrestres, e que visam contribuir para a melhoria da eficácia e eficiência do trabalho” desenvolvido por esta força de segurança.

Os apoios, acrescentou Ana Cunha, “destinam-se não só à aquisição de viaturas e equipamentos diversos, como também à execução de obras de beneficiação e recuperação de infra-estruturas, de que são exemplo as recuperações de instalações policiais nos concelhos de São Roque do Pico, Velas, Madalena, Praia da Vitória, Ponta Delgada e Nordeste, num investimento que ronda os 300 mil euros”.

Ana Cunha referiu ainda que, no âmbito dos equipamentos, “o apoio concedido, de mais de 87 mil euros, destina-se à aquisição de equipamento informático para equipas velocipédicas e equipas de intervenção rápida, para fiscalização de trânsito e também equipamento operacional”.

Para a Secretária Regional, esta parceria e colaboração institucional entre o Executivo e a PSP “representa o que, para o Governo dos Açores, é efectivamente fundamental”, ou seja, que “as forças de segurança nos Açores assegurem e desempenhem as suas funções de organismo de segurança pública com todos os meios técnicos adequados e necessários à cabal prossecução das suas atribuições e competências, em prol dos cidadãos açorianos”.

Nesse sentido, assegurou que o Governo dos Açores tudo fará para “continuar a procurar e a encontrar as melhores soluções para as necessidades demonstradas pelas forças de segurança nos Açores”, a quem deixou um agradecimento pelo “trabalho desenvolvido a favor da população residente e daquela que visita” o arquipélago.

“Magellan” hoje em P. Delgada

Magellan - navioAs escalas do mês de Março em Ponta Delgada irão terminar hoje, quando o terminal de cruzeiros das Portas do Mar receber a visita do MAGELLAN, navio de cruzeiros da popular companhia inglesa C&MV, numa escala integrada num cruzeiro de 19 noites, que se iniciou no dia 15 de Março, em Montego Bay, na Jamaica, e que comporta escalas em La Romanana Republica Dominicana, Tortola, St Maarten, St Johns e Barbados, todos nas Caraíbas, passando igualmente pela cidade da Horta, antes da chegada a Londres no dia 3 de Abril.

Construido em 1985 nos estaleiros dinamarqueses de Aalborg Vaerft, em Alborg, para a Carnival Cruise Line, sob o nome de Holiday, foi um dos mais populares daquela operadora norte-americana, tendo operado durante muitos anos em cruzeiros nas Caraíbas. 

Em 2010 passou a integrar a frota da extinta operadora espanhola Ibero Cruceros, 

Com a integração da mesma na Costa Cruceros, o navio foi colocado à venda tendo sido adquirido pela actual companhia, no inicio de 2015. 

Com 221,6 metros de comprimento, 28 metros de boca e um calado de 7,5 metros, o navio possui capacidade máxima de alojamento para 1794 passageiros e 714 tripulantes, sendo a sua arqueação bruta de 46.052 toneladas.

 

Newtour recebe prémio da TAP

 

O grupo açoriano Newtour, especializado no sector do turismo, foi distinguido durante o evento TAP Awards 2019, que se realizaram no passado dia 25 de Março, no Pátio da Galé, em Lisboa.

A distinção visa premiar aqueles que foram os melhores parceiros e os melhores agentes de viagens TAP no ano de 2018. 

O Grupo Newtour recebeu o prémio TOP Agência Portugal, que distingue os parceiros com mais vendas de voos da companhia aérea portuguesa.

Tiago Raiano, Administrador do Grupo Newtour, refere que “é com bastante satisfação que vemos o Grupo Newtour ser reconhecido com este prémio. É reflexo da estratégia e do trabalho que temos vindo a desenvolver, reforçando o caminho que definimos e temos vindo a percorrer nos últimos anos.”

A Newtour é constituída por um grupo de empresas especializadas no sector do turismo, sendo marcas de referência nos segmentos em que operam, desde operadores turísticos a agências de viagem. 

Com mais de 30 anos de experiência e com 150 colaboradores espalhados nos Açores, Portugal continental e Cabo Verde, a Newtour cria sinergias que tornam única a sua oferta de serviços.

Vasco Cordeiro anuncia reforço de 7 mil lugares nos voos da época alta para as Flores

aeroporto das flores

O Presidente do Governo anunciou, na Terça-feira, um reforço de cerca de sete mil lugares nas ligações aéreas para as Flores durante a próxima época alta, um reforço que eleva para 76 mil o total de lugares disponíveis para esta ilha no verão IATA.

“Na época alta de 2019, a ilha das Flores, quer nas ligações Ponta Delgada-Flores-Ponta Delgada, quer nas ligações Terceira-Flores-Terceira, terá um aumento de cerca de sete mil lugares, reforçando-se, assim, a capacidade de transporte aéreo, que disponibilizará um total superior a 76 mil lugares”, afirmou Vasco Cordeiro, citado em comunicado do executivo regional.

 O Presidente do Governo falava após a reunião do Executivo açoriano com o Conselho de Ilha, no início da visita estatutária às Flores, que decorre até hoje. 

Em declarações aos jornalistas, Vasco Cordeiro salientou que, nesta reunião, foi também possível fazer um ponto de situação em relação a um conjunto de obras que estão a decorrer nas Flores, caso do investimento de cerca de 10 milhões de euros no Porto das Poças, assegurando que está tomada a decisão de avançar com a segunda fase uma vez concluída esta primeira intervenção.

Na reunião com o Conselho de Ilha outro dos assuntos analisados foi a instalação nas Flores de uma estação da Rede Atlântica de Estações Geodinâmicas e Espaciais (RAEGE), um processo que está em fase de aquisição dos terrenos e de planeamento das especificidades técnicas do projecto.

Este processo resulta de uma parceria direta entre o Governo dos Açores e o Governo de Espanha, que permitiu a instalação de uma primeira estação geodésica na ilha de Santa Maria.

“Esta foi, assim, uma reunião útil e proveitosa que, estou convicto, resultará em benefício, quer da acção quotidiana do Governo, quer dos desafios e das necessidades da ilha das Flores, que estamos a atender com as respostas devidas”, afirmou Vasco Cordeiro.

Anacom e FCT vão começar por investir 500 mil euros na Portugal Space

anacom

Tanto a Anacom como a Fundação Ciência e Tecnologia deverão começar por investir meio milhão de euros em 2019 na constituição da Portugal Space. 

Em 2020, o investimento na Portugal Space deverá subir para 1,5 milhões de euros. E por fim, em 2021, esse valor deverá atingir os dois milhões euros. 

Os valores constam na Resolução de Conselho de Ministros que foi publicada a 13 de Março: A Agência Espacial Portuguesa, que é também conhecida como Portugal Space, vai receber um financiamento máximo de oito milhões de euros entre 2019 e 2021. 

Aos oito milhões de euros já referidos, juntam-se ainda 2,5 milhões que vão ser investidos pela FCT num Laboratório que deverá operar integrado com a Agência Espacial Europeia (ESA) em missões de observação da Terra.

 No que toca ao ESA Lab, a FCT deverá começar por investir cerca de 300 mil euros em 2019, para chegar a 2023 com um investimento de 700 mil euros. 

O futuro laboratório deverá ficar localizado na ilha Terceira. 

A Portugal Space tem como missão coordenar e executar a Estratégia Portugal Espaço 2030. 

Além de coordenar futuras missões no Espaço, a Portugal Space também deverá ter uma palavra a dizer na gestão da futura base de lançamento de satélites de pequenas dimensões, que vai ser instalada na Ilha de Santa Maria, Açores, depois de concluído o concurso internacional que está em curso. 

A Ilha de Santa Maria também vai acolher a sede da Portugal Space. 

A Agência Espacial Portuguesa tem como associados fundadores a FCT, a Agência Nacional de Inovação (ANI) e ainda entidades designadas pelo Ministro da Defesa e pelo Governo Regional dos Açores. 

A estes primeiros fundadores, poderão ainda juntar-se outros, como é possível confirmar no Diário da República: «(…)A Agência Espacial Portuguesa também pode integrar, como associadas aderentes, quaisquer outras entidades públicas cuja atividade se relacione directa ou indirectamente com os fins por aquela prosseguidos».

Uma vez constituída, a Agência Espacial Portuguesa deverá assumir um papel preponderante na indústria espacial portuguesa, «que vise a identificação e captação de fundos disponíveis, de origem pública ou privada e nacional ou internacional, sem prejuízo da colaboração das entidades públicas com competências em matéria de investimento e de captação de financiamento, designadamente a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, E. P. E., a ANI, S. A., e a FCT, I. izar a FCT, I. P.».

‘Britannia’ estará hoje em Ponta Delgada

cruzeiros no porto pdl

Depois do dia de ontem, de grande movimento de cruzeiros em Ponta Delgada, com os três navios que o nosso jornal tinha anunciado, dando um colorido diferente à nossa cidade, hoje será a vez de chegar ao Terminal de cruzeiros das Portas do Mar o paquete “BRITANNIA”, navio almirante da operadora inglesa P&O, que regressa à Europa depois da sua temporada de Inverno nas Caraíbas.

Esta escala está inserida num itinerário denominado “14 nights Caribbean Transatlantic”, que se iniciou a 15 de Março em Bridgetown, nos Barbados, e que irá terminar em Southampton no dia 29 , depois de escalas em St. Lucia, St Kitts e St Johns nas Caraíbas.

Construido nos estaleiros italianos de Fincantieri, em Monfalcone, o  BRITANNIA fez a sua viagem inaugural a 14 de Maio de 2015. 

Das suas características principais realce para as 143.730 toneladas de arqueação bruta, 330 metros de comprimento, 38,4 metros de boca e 8,3 metros de calado. 

Possui 15 decks  para passageiros. Em ocupação normal pode transportar 3.611 passageiros que poderão chegar aos 4.324 em ocupação máxima, sendo a sua tripulação  composta por 1.350 elementos.

 

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. /com Azores Club Cruise