Artigos

Empresárias luso-americanas apoiam famílias carenciadas de Ponta Delgada

empresárias luso-americanasUm grupo de empresárias luso-americanas solicitou, esta semana, o apoio da Câmara Municipal de Ponta Delgada para a distribuição de mantimentos, como produtos de primeira necessidade, roupas e brinquedos por famílias carenciadas do concelho. Pedido a que a autarquia presidida pro José Manuel Bolieiro acedeu.
As empresárias, que prestam esse serviço à comunidade, a título gratuito e voluntarioso, foram recebidas pelo presidente do Município, José Manuel Bolieiro, e pela vereadora da Acção Social, Fátima Rego Ponte, avançou a autarquia, em comunicado.
Os mantimentos que as empresárias luso-americanas já começaram a trazer para Ponta Delgada vão ser canalizados, através da Divisão de Solidariedade Social, para as famílias mais carenciadas de todo o concelho e que já estão sinalizadas.
Por outro lado, o mesmo grupo de empresárias luso-americanas manifestou interesse em colaborar no trabalho que o Grupo de Inclusão Social, criado pelo Município de Ponta Delgada, está a desenvolver em prol dos sem-abrigo e dos deportados.
Outra vertente do apoio que o mesmo grupo de empresárias voluntárias, todas descendentes de açorianos, passa pela criação de uma bolsa online para apoiar jovens carenciados que tenham dificuldades de aprendizagem ao nível do Inglês.
A reunião de trabalho realizada esta semana entre a Câmara de Ponta Delgada e as empresárias luso-americanas foi apenas uma primeira abordagem para dar seguimento à distribuição dos mantimentos pelas famílias mais carenciadas do concelho.

PSP prende condutor com 3,93 g/l de álcool no sangue

PSP3A Polícia de Segurança Pública (PSP) deteve durante este fim-de-semana nove pessoas, na ilha de São Miguel, por condução de veículos sob o efeito de álcool.
Entre os detidos, a taxa mais alta de álcool no sangue foi registada em Rabo de Peixe, onde, no domingo, a PSP prendeu um condutor com uma taxa de 3,93 g/l. No mesmo dia, foi detido outro indivíduo, em Rabo de Peixe, com uma taxa de álcool no sangue de 2,48 g/l.
Segundo o relatório da PSP, em Vila do Porto, na ilha de Santa Maria, a PSP deteve, sexta-feira, um homem de 75 anos de idade também por condução de um veículo automóvel sob a influência de álcool. A detenção ocorreu na sequência de um acidente de viação.
Em Ponta Delgada, a força policial deteve, no sábado, um homem, de 23 anos de idade, por introdução em local vedado ao público, nomeadamente, uma pastagem, e tentativa de furto.
Foi ainda detido um jovem de 16 anos de idade, por condução de um ciclomotor sem habilitação legal e um homem, de 43 anos de idade, por condução de um veículo automóvel apreendido.
Por outro lado, no domingo, a Esquadra de Intervenção e Fiscalização Policial deteve um homem, maior de idade, por agressão a um Agente de Autoridade.

Dois detidos por não pagarem multas
A PSP da Ribeira Grande deteve, na passada quinta-feira, dia 15 de Novembro, um homem de 29 anos de idade para o cumprimento de uma pena de 133 dias de prisão. Em causa estava o não pagamento de uma multa de mil euros, pelo crime de falsidade de testemunho, avançou a PSP no relatório de actividade policial.
O mesmo aconteceu em Ponta Delgada, onde a PSP deteve outro indivíduo, de 28 anos, para cumprir uma pena de 80 dias de prisão por não dispor de 720 euros para o pagamento de uma multa.

Recuperados artigos avaliados em 4 mil euros
Em Angra do Heroísmo, foi interceptado um homem, este domingo, por suspeita de furto de instrumentos destinados à prática de silvicultura e outras ferramentas. Segundo a PSP, o furto havia ocorrido naquele dia nas instalações dos serviços florestais.
Após uma busca domiciliária autorizada pelo suspeito, foram apreendidos diversos objectos, que se encontravam no interior da residência do suspeito, somando um valor aproximado de 4000 euros.
Quanto à sinistralidade rodoviária, a PSP registou a ocorrência de 14 acidentes de viação em todo o arquipélago, no fim-de-semana, dos quais resultaram um ferido grave, nove feridos ligeiros e danos materiais.

PSP fiscaliza caça na Terceira
A PSP, por intervenção dos elementos da Esquadra de Intervenção e Fiscalização Policial e da Esquadra de Trânsito da Divisão Policial de Angra do Heroísmo, realizou este domingo, uma operação conjunta com os Serviços Florestais da ilha Terceira, no âmbito da segurança da actividade venatória.
De acordo com um comunicado da PSP, a  operação direccionou-se para a fiscalização dos proprietários e detentores de armas fogo e verificação do cumprimento dos normativos jurídicos durante o exercício da caça.
Foram fiscalizados 20 proprietários e detentores de armas de fogo que se dirigiam nas suas viaturas para a actividade venatória e 15 caçadores no exercício do acto cinegético, tendo sido elaborado um Auto de Notícia por detenção, por condução de veículo automóvel sob influência do álcool, com uma TAS de 1.21 g/l, uma busca consentida a uma viatura, do qual resultou a apreensão cautelar de um taco de basebol, um ANCO, por condução de veículo automóvel sob influência do álcool e três Autos de Notícia por Contraordenação, por infracção ao Regime Jurídico das Armas e suas Munições.

Lar do Pico da Pedra pronto no primeiro trimestre de 2014

Piedade Lalanda- lar Pico da PedraA secretária regional da Solidariedade Social anunciou ontem que as obras de construção do Lar de Idosos do Pico da Pedra, em São Miguel, deverão estar concluídas no primeiro semestre de 2014.
O novo lar, que terá capacidade para acolher 42 idosos, visa “corresponder a uma necessidade sentida” em São Miguel, frisou Piedade Lalanda, em declarações no final de uma visita à obra, segundo avançou o Gabinete de Apoio à Comunicação Social.
Esta nova resposta, segundo Piedade Lalanda, vai “dar resposta, não só aos residentes no concelho da Ribeira Grande, mas também a residentes dos vários concelhos da ilha de São Miguel”.
A secretária regional, que destacou a “atenção especial” que é dada aos “critérios de rigor e de qualidade”, considerou que um lar deve ser encarado “não na perspectiva de fim de vida para os idosos, mas sim como uma alternativa à vida familiar” e como “um último recurso”.
Piedade Lalanda reiterou ainda a necessidade de promover sinergias, considerando que “é uma estratégia importante para rentabilizar o investimento que é feito em equipamentos sociais”.
“Não se pode pensar num equipamento isolado, mas sim integrado na própria instituição, ao nível, por exemplo, dos recursos de cozinha, da lavandaria, dos recursos humanos que a própria instituição possui para este tipo de resposta”, afirmou a secretária regional.

Escola hoteleira conquista medalha de bronze em concurso europeu

Rui Batista - Cozinha concurso europeuA Escola de Formação Turística e Hoteleira (EFTH) conquistou uma medalha de Bronze no concurso Anual da Associação Europeia de Escolas de Hotelaria e Turismo (AEHT). O evento decorreu nos passados dias 10 a 14 Novembro.
À semelhança dos anos anteriores, participaram mais de 300 alunos de cerca de 30 países europeus que disputaram provas em 10 categorias, nomeadamente, Barista, Cozinha, Cocktails, Decatlon, Gestão Hoteleira, Pastelaria, Recepção, Serviço de Restaurante, Turismo e Serviço de Vinhos.
O formando Rui Batista, em equipa com Fabio de Canal (Itália) e Birgit Allilender (Estónia), alcançou medalha de Bronze na prova de Cozinha. A EFTH foi ainda representada pela formanda Paula Simões que disputou a prova de Cocktails.
Segundo nota da escola, trata-se da oitava medalha conquistada por formandos da EFTH, “facto que acontece consecutivamente desde 2009”.
Pela primeira vez a EFTH conquista uma medalha na prova de cozinha, sendo que para além desta, já obteve duas medalhas de ouro (Bar), duas prata (Bar e Turismo) e três de bronze (bar, Pastelaria e Serviço de Restaurante).

Luís Quintanilha aponta prioridades do Governo dos Açores no transporte marítimo

AtlanticolineO director regional dos Transportes afirmou que o desenvolvimento e implementação do Plano Integrado de Transportes, a fusão das empresas públicas Transmaçor e Atlânticoline e a implementação da Escola de Formação de Marítimos são prioridades do Governo dos Açores para esta legislatura.
Luís Quintanilha, que falava terça-feira na conferência intitulada “A Plataforma Continental Atlântica - os desafios para os Açores na sua sustentabilidade”, em Ponta Delgada, salientou que é intenção do Executivo implementar um circuito regular de passageiros e mercadorias, em sistema de carga rodada entre as ilhas do Grupo Central, com um tarifário equilibrado, capaz de ser um verdadeiro regulador de mercado.
Segundo nota do Gabinete de Apoio à Comunicação Social, na sua intervenção, Luís Quintanilha destacou ainda a intenção de promover o Hub da Praia da Vitória, com vista à “criação de uma plataforma logística internacional que contemple a oferta de serviços como o abastecimento de LNG, reparação naval e o transhipment”.
O director regional referiu também a implementação de uma “estratégia de afirmação dos principais portos regionais, integrando-os nas ‘autoestradas do mar’ no espaço europeu, criando um Cluster Portuário, de modo a promover e reforçar a nível internacional a imagem da Portos dos Açores”.
Das linhas de actuação do Governo Regional para este sector, de importância vital para o desenvolvimento açoriano, constam ainda o melhoramento do sistema e das infraestruturas de suporte à conectividade regional, nacional e internacional, o desenvolvimento do projecto Costa, que surge no âmbito da estratégia Europeia 2020 com vista a desenvolver condições para substituir os combustíveis tradicionais pelo gás natural no transporte marítimo, a monitorização dos portos dos Açores para assegurar a prevenção de riscos nas áreas operacionais e a dinamização do sector da reparação naval, através da reactivação dos estaleiros navais da Madalena do Pico.
Nesta conferência, Luís Quintanilha apresentou ainda um enquadramento actual do sector marítimo-portuário e da sua importância, abordando ainda os modelos existentes de transporte de mercadorias entre os Açores e o continente, os actuais modelos de transporte marítimo de passageiros da Transmaçor e da Atlânticoline e o modelo de gestão da Portos dos Açores.