Edit Template

Antiga Pensão Central será Hotel Mercure Azores que abrirá em 2024

Em processo de renovação e ampliação, o edifício tem abretura prevista para o segundo semestre de 2024 e contará com 76 quartos

A marca Mercure, é uma rede de hotéis que pertence ao grupo francês Accor.
A cadeia hoteleira Mercure celebrou recentemente o seu 50.º aniversário numa altura em que tem em vista a abertura do seu 1000.º hotel a nível mundial, como avançou em entrevista à revista Publituris, Patricia Uceda, Brand Marketing Manager da Accor.
A responsável pela área de marketing do Grupo referiu também que está prevista uma nova abertura em 2024, que acontecerá nos Açores, em Ponta Delgada.
Patricia Uceda, explicou à Publituris que “esta nova unidade hoteleira estará localizada em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, naquela que foi a antiga Pensão Central”.
O Mercure Azores Ponta Delgada, de 76 quartos, funcionará em regime de franquia e tem abertura prevista para o segundo semestre de 2024, com um projeto de arquitetura de Luís Almeida e Sousa Arquitectos Lda. e design de interiores assinado pela Filosofia do Espaço.
Até 2028, além desta abertura, a Mercure conta com mais de 210 projectos hoteleiros em pipeline, em países como China, Uruguai, França, Itália, Dubai, Malásia, Japão e Tailândia, de acordo com Patrícia Uceda.
No caso de Portugal estão também previstas renovações em sete hotéis da marca Accor.

Marca prossegue com aposta
no programa “Discover Local”

Em Portugal, os principais mercados emissores da Mercure são constituídos por França, Espanha, Reino Unido, Brasil, Estados Unidos e Alemanha, sendo que 70% dos clientes são internacionais, de acordo com a informação que a Brand Marketing Manager avançou à Publituris.
Dos clientes da marca em Portugal, 65% viajam em lazer e 35% em negócios, algo que Patrícia Uceda afirma ser “um reflexo do que é a marca Mercure, muito focada na descoberta do destino”.
Por essa razão, a Mercure segue apostada em continuar o seu programa “Discover Local”, com experiências distintas em cada hotel da marca. Aliás, foi sob esse mote que a Mercure festejou o seu 50.º aniversário, dando aos convidados a possibilidade de ter várias experiências internacionais onde a marca detém hotéis – fosse provar as carnes portuguesas com um gosto argentino no stand “Argentina”, a carbonara de Itália ou os spring rolls do Vietname, passando ainda por países como a Austrália e Inglaterra.
Patrícia Uceda explica que para os próximos 50 anos a marca está ”muito comprometida com tudo que tenha a ver com sustentabilidade, tudo o que é a experiência do cliente e em trabalhar com os fornecedores e os artesãos locais. Finalmente, para nós é muito importante estarmos totalmente integrados na cidade. Esses são os nossos objetivos iniciais e que vão continuar. É a nossa ideia de marca, o nosso posicionamento, é o nosso DNA”.
Recorde-se que em Portugal existem sete hotéis sob a marca Mercure, nomeadamente em Braga, Porto, Fátima, Lisboa e Almada. Entretanto, será acrescentado à lista, no segundo semestre de 2024, mais um hotel desta insígnia em Ponta Delgada.

Edit Template
Notícias Recentes
Turistas gostam da paisagem e da segurança e não gostam dos serviços de restauração e dos transportes de táxis e de autocarros
Desaparecido turista belga que se encontrava a realizar um trilho pedestre na Lagoa do Fogo
Sismo de magnitude 2.6 na escala de Richter sentido na ilha Terceira
Programa para a prevenção do cancro gástrico arranca na Terceira
Detido indivíduo fortemente indiciado da prática do crime de detenção de arma proibida na Ribeira Grande
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores