Edit Template

Turismo volta a subir em Abril

O Indicador de Turismo dos Açores, revelado ontem pelo SREA, prevê que terão sido registadas no mês de Abril, em toda a Região, cerca de 322,5 mil dormidas no conjunto dos estabelecimentos de alojamento turístico (hotelaria, alojamento local e turismo no espaço rural).
O valor desta estimativa das dormidas é superior em 5,7% quando comparado com o valor provisório do mês homólogo 305,0 mil).
Embora seja uma estimativa, confirma-se que o turismo continua a dar boa nota positiva nos Açores, mesmo sem os voos de outrora da Ryanair.
Os números em crescendo nestes últimos meses perspectivam, também, um Verão em que se poderão registar novos recordes.
Já a Secretária Regional do Turismo, Berta Cabral, tinha previsto na semana passada os Açores têm “muito boas perspectivas” para o turismo no Verão de 2024, com um aumento significativo de turistas provenientes de novos mercados, como o Canadá e os Estados Unidos, que já superaram ligeiramente o número de turistas alemães.
A governante destacou que, apesar de uma retracção do turismo nacional devido ao contexto internacional conturbado, com duas guerras em destaque, os Açores registaram aumentos de turistas provenientes do Canadá e dos Estados Unidos.
“O turista americano já superou ligeiramente o turista alemão, que era o nosso principal mercado até agora”, referiu.
Actualmente, o aeroporto de Ponta Delgada opera com 26 destinos e 15 companhias aéreas, o que a Secretária Regional descreveu como “um motivo de orgulho”.
Berta Cabral sublinhou que o sector do turismo nos Açores é “liderado por grupos económicos regionais”, permitindo reter valor na Região.
Defendeu também a continuidade do caminho de “qualidade, excelência e sustentabilidade” para atingir mercados emissores de maior valor acrescentado, diversificar o público e atenuar a sazonalidade.
Entre os desafios mencionados pela governante estão o alargamento do período de operação de algumas companhias aéreas e a oferta de novos produtos, como enoturismo, turismo cultural e industrial, além da criação de novos percursos turísticos.

Compras com cartões sobem

As compras realizadas por intermédio de cartões bancários em TPA atingiram em abril de 2024, nos Açores, o montante de 153,7 milhões de euros, a que corresponde um acréscimo homólogo de 9,0%, revelou ontem o SREA.
Destes, cerca de 133,9 milhões de euros são de compras efetuadas com cartões de bancos nacionais, o que representa uma variação homóloga positiva de 8,1%, e cerca de 19,9 milhões de euros dizem respeito a compras efetuadas com cartões de bancos internacionais, o que traduz um aumento homólogo de 15,9%.
Os pagamentos de serviços realizados por intermédio de cartões bancários em TPA, nos Açores, totalizaram cerca de 1,6 milhões de euros, representando uma variação homóloga negativa de 55,0%.

Levantamentos
no multibanco descem


Os levantamentos em CA atingiram no mesmo mês, nos Açores, o montante de 45,9 milhões de euros, a que corresponde um decréscimo homólogo de 1,6%.
Destes, cerca de 43,9 milhões de euros são de levantamentos nacionais, o que representa uma variação homóloga negativa de 1,2%, e cerca de 2,0 milhões de euros dizem respeito a levantamentos internacionais, o que traduz um decréscimo homólogo de 8,0%.
Os pagamentos de serviços em CA totalizaram cerca de 8,2 milhões de euros, apresentando um decréscimo homólogo de 12,0%.
O volume de compras e levantamentos nacionais representou 88,6% do total de compras e levantamentos nos últimos 12 meses, conclui o SREA.

Edit Template
Notícias Recentes
União Desportiva do Nordeste comemora os 50 anos do clube
2ª edição da formação “Cidadania Digital: Riscos e Oportunidades da Internet”
Bolieiro manifesta oposição à criação de uma taxa turística regional
Actividade ambulatória de Pediatria regressa amanhã ao HDES
Há 5 municípiosnos Açores com mais procura de casas para viver no campo
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores