Edit Template

Procissão do Senhor aos Enfermos Domingo nas Furnas

No próximo Domingo, dia 7 de Abril, dia da Divina Misericórdia, a paróquia de Sant’Ana das Furnas acompanhará o Senhor Ressuscitado na Sua visita solene aos enfermos da comunidade, uma das manifestações de fé seculares “mantendo uma constante vigilância sobre os mais vulneráveis que, por vezes, estão esquecidos na nossa população”, refere o pároco, padre Francisco Zanon.
Esta manifestação religiosa é uma das mais antigas e afamadas da ilha de São Miguel devido, sobretudo, aos tapetes de flores artisticamente decorados como expressão de fé “há toda uma tradição que deve ser preservada e continuada, que remonta à passagem de Jesus ressuscitado pelas ruas da freguesia, que são artisticamente adornadas com flores, abençoando não só os enfermos, mas toda a comunidade”, expressou.
Este ano 10 doentes, devido às suas condições de saúde, receberão a bênção do Santíssimo Sacramento nas suas habitações. “Esta visita pascal tem todo um sentido solene de levar Jesus Sacramentado aos enfermos que fisicamente estão impossibilitados de sair da sua casa”, e ainda referiu que “a nossa principal missão é levar a grande alegria do anúncio da Páscoa que é Cristo Ressuscitado”, sublinha o sacerdote.
Após receberem a comunhão, cada enfermo, por meio dos escuteiros, vão receber uma lembrança de diversas instituições e indivíduos, em um gesto de reconhecimento e estima.
A procissão é acompanha pela filarmónica local, coro paroquial e pelos impérios do Divino Espírito Santo que coroarão neste dia na Eucaristia, que será celebrada à entrada da procissão.

Edit Template
Notícias Recentes
Produtores e Industriais das pescas criticam Lotaçor por praticar preços superiores à congénere madeirense
Menos pescado e menos valor descarregados em Maio nos portos dos Açores
Insolvências subiram 117% em Ponta Delgada nos primeiros 5 meses deste ano
O melhor do nacional de surf é já depois de amanhã na Ribeira Grande
Bolieiro diz que incêndio deve ser encarado como oportunidade para tornar HDES numa “referência”no país
Notícia Anterior
Proxima Notícia

Copyright 2023 Diário dos Açores